Neto fala em 'ditadura' após Santos barrar entrada de jornalistas na Vila Belmiro
Lance!
Neto fala em 'ditadura' após Santos barrar entrada de jornalistas na Vila Belmiro


O apresentador Neto fez uma critica a decisão do Santos de impedir o Uol de cobrir um jogo na Vila Belmiro depois de um texto da coluna do jornalista Juca Kfouri chamar o clube de 'Ninguém FC' . Para o ex-jogador, a decisão do Peixe seria uma forma de 'ditadura' contra a imprensa.

- Santos, o Juca Kfouri é um baita jornalista. Todo mundo pode escrever o que quiser. Agora, o Santos se apequenou como instituição quando não deixa o UOL trabalhar. Quando você faz isso, é muito mais que ditadura, é se mostrar pequeno. E o Santos é o maior clube do mundo - disse, no 'Os Donos da Bola'.

- Vocês fizeram errado. O UOL tem o direito de trabalhar em qualquer lugar. Se tem um cara que poderia falar mal do UOL sou eu. Mas, pelo contrário, tem gente que trabalha lá que é maravilhosa. Tem gente ruim? Tem. Mas tem que ter o entendimento. Não existe mais ditadura, apesar de o presidente da República achar que não teve ditadura - continuou.

Neto completou dizendo que não concorda com o texto de Kfouri, mas que todo o veículo não deveria ser punido.

- Então, Santos, no seu aniversário, peça desculpa: 'Tudo bem, UOL, vocês escrevem o que quiserem e são responsáveis'. Porque foi uma pessoa, um jornalista que escreveu. Ele já falou bem do Santos também. Eu não tenho convívio com ele e não vou ter, mas respeito a pessoa. O que ele fez está errado, para mim. Mas generalizar e ninguém do UOL poder trabalhar? Isso é ditadura. Não é certo para o Santos - finalizou.

Entenda o caso
No último sábado (9), após empate sem gols entre Fluminense e Santos, Juca Kfouri publicou um texto em seu blog no UOL se referindo ao Peixe como "Ninguém FC". O escrito do jornalista causou revolta torcedores, fazendo com que o Santos publicasse uma nota repudiando o comentário do Juca.

Na última segunda-feira (11), durante o podcast "Posse de Bola", Juca Kfouri falou sobre o tema, afirmou que não pedirá desculpas pelo texto e enfatizou que respeita muito a história do Santos. O jornalista também foi irônico com quem não entendeu o conteúdo do texto publicado em seu blog.

- Estamos com uma audiência extraordinária à espera de um pedido de desculpas que não virá porque eu são sou imbecil a ponto de desfazer da história do Santos, um dos times que eu mais gostei de ver em toda minha vida. E nem por isso deixo de dizer que o time do Santos, no sábado, quando no segundo tempo não chutou nenhuma bola ao gol, jogou como "ninguém". Como "ninguém", foi exatamente isso que eu disse - explicou Juca, antes de seguir.

- Quem não entendeu, não quer entender, leva ao pé da letra, vá para a escola, estude e entenda o que é uma ironia. E não espere que eu peça desculpas pelo que rigorosamente eu não fiz. Se há alguém que respeita a história do Santos… eu respeito demais. Torci pelo Santos como nenhum… Os mesmos que defenderam a contratação do Robinho. O mesmo tipo de gente, que defendeu a contratação do Robinho, é esta gente que está me atacando - disse Juca.

O jornalista ainda disse que, se o seu comentário proporcionar a união dos clubes para a criação de uma nova liga, está feliz por ter chamado o Santos de 'Ninguém FC'.

- E eu quero dizer o seguinte: estou muito feliz com a repercussão porque vi a manifestação de diversos clubes solidários ao Santos, com o mesmo texto. Parece a Igreja Universal do Reino de Deus quando processa jornalista, com o mesmo texto. Se isso favorecer a formação da Liga, bendita hora que eu chamei o Santos de "Ninguém FC" - afirmou o jornalista.

Confira a nota oficial divulgada pelo Santos
O Santos FC rechaça veementemente o texto publicado neste sábado (9) pelo senhor Juca Kfoury no portal UOL – Fluminense 0 x Ninguém FC 0, e exige um posicionamento formal do portal que abriga essa coluna, com retratação e pedido de desculpas, caso contrário fica determinado que os profissionais do UOL não serão mais atendidos pelo Clube, até que as devidas providências sejam tomadas. O conteúdo é uma total falta de respeito com o Santos FC, que tem seu nome exaltado no Mundo inteiro, e não permitiremos que um texto como esse não tenha consequências.

Uma imprensa que se sujeita a fazer isso, não merece ser recebida pelo Santos FC. O Santos FC merece respeito.

Andres Rueda, presidente do Santos FC.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários