Janela interna fecha e Santos não consegue acertar saída de negociáveis
LANCE!/DIARIO DO PEIXE
Janela interna fecha e Santos não consegue acertar saída de negociáveis


A temporada de 2022 contou com uma novidade em relação as transferências de jogadores no futebol brasileiro. Os clubes tiveram entre 19 de janeiro até a terça-feira, 12 de abril, para acertar contratações de atletas. Isso significa que, agora, não é possível acertar saídas entre clubes da Série A e B.

O Santos, por exemplo, buscava diminuir sua folha salarial com alguns jogadores considerados "negociáveis". O principal deles é o volante Jobson. O jogador tinha negociações em andamento para se transferir para um clube da Série A, a princípio por empréstimo. Nos últimos dias, porém, as conversas estacionaram.

Tailson e Allanzinho também eram opções de empréstimo, mas nada oficial chegou ao clube. Algumas sondagens desde o começo do ano aconteceram, mas sem acordo. O primeiro, inclusive, recebeu uma proposta da Ferroviária para disputa do Paulistão, mas foi recusada.

O zagueiro Derick e os volantes Kevin Malthus e Ivonei foram “rebaixados” para a categoria Sub-20 do Santos. O Peixe aceitaria um possível empréstimo, mas como propostas oficiais acabaram não chegando, optou por rebaixar os atletas.

A CBF libera uma possível saída nesses casos:

Caso 1: se a rescisão ocorrer por mútuo acordo, ou o encerramento do contrato se firmar, antes do término da janela. Ou seja, até o dia 12 de abril neste caso. Além disso, o atleta precisará ser contratado pelo novo clube como profissional - e não amador.
Caso 2: se a rescisão com o clube anterior tiver acontecido com base no Artigo 31 da lei n° 9.615/98 (Lei Pelé). (Por atraso de pagamento de salário ou de direito de imagem)
Caso 3: a aplicação de qualquer outra exceção determinada pela Fifa, no Regulamento sobre o Estatuto e a Transferência de Jogadores.

Essa janela ganha uma nova abertura entre os dias 18 de julho a 15 de agosto. Assim, caso não se transfiram para a disputa da Série C, onde não existe janela, esses atletas devem treinar em separado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários