Brasileiros da WM Sports vão em busca de dominar o território do MMA europeu
TATAME
Brasileiros da WM Sports vão em busca de dominar o território do MMA europeu


Além de ceifar muitas vidas, a pandemia também prejudicou postos de trabalho em todo o mundo, e no esporte não foi diferente. Após dois anos de incertezas e diversos eventos cancelados – alguns até extintos -, os empresários e atletas esperavam que tudo pudesse voltar a ser como antes em 2022.

O que muitos não contavam, entretanto, é que uma guerra na Europa seria mais um empecilho para os lutadores do Brasil, bastante requisitados no mercado russo. Uma das maiores responsáveis por colocar brasileiros no MMA europeu, a agência WM Sports, liderada por Bernardo Serale, teve que se reinventar para manter seus atletas ativos e no mercado:

- Passamos por um período difícil por tudo o que tem acontecido mundialmente diante da pandemia e agora com a guerra da Rússia x Ucrânia, o que acabou dificultando bastante o nosso trabalho. A WM Sports teve que se reinventar, e explorar cada vez mais o mercado europeu. Temos o Kaik que está para disputar o título do Oktagon, temos também o Diego Nunes, Michel Sassarito e o Franklin Ferreira prestes a disputar cinturões na Europa. Sem dúvida nenhuma, o mercado europeu está se expandindo cada vez mais para nós. Esperamos conquistar esses títulos, que na maioria são inéditos para o Brasil, e aproveitar novas oportunidades e colocar nossos atletas nos eventos de alto nível - disse o manager.

Uma das principais joias da WM Sports, Kaik Brito surge como uma das apostas da agência. O atleta acumula passagem pelo Battlefield FC e o Oktagon, onde tem feito sucesso, e já soma quatro lutas no evento, emplacando três incríveis vitórias por nocaute. Com apenas 25 anos, o lutador – dono de um cartel com 14 triunfos e quatro derrotas – deve disputar o cinturão em seu próximo compromisso, segundo Bernardo Serale:

- Indiscutivelmente o Kaik Brito é um dos melhores atletas que temos hoje dentro da WM Sports. Vem de uma grande trajetória no Oktagon, que na minha opinião é o hoje melhor evento da Europa. Em quatro lutas, ele venceu três, todas com nocautes avassaladores no primeiro round. O Kaik tem tudo para se tornar uma grande estrela do evento, está credenciado para disputar o cinturão na divisão até 77kg. Estamos muito confiantes que essa próxima luta será pelo título e que esse cinturão virá para o Brasil - declarou.

Além dos atletas citados, Jonas Bueno é outro membro da WM Sports que está de luta marcada em um evento na França. Já o “Khabib do Nordeste”, dono de um cartel invicto na carreira com sete triunfos e nenhuma derrota, irá disputar o cinturão peso-pena de um grande evento italiano. Abrindo cada vez mais espaço na Europa, Bernardo falou sobre como é feito o planejamento de carreira dos atletas para colocá-los um dia no palco do Ultimate.

- O UFC é consequência de um bom trabalho, bom planejamento de carreira. Vemos grandes atletas que devido a um mal planejamento não conseguiram chegar. Acredito que um dos nossos diferenciais é esse planejamento da carreira, o UFC é o nosso maior objetivo, sonho de qualquer lutador, trabalhamos de acordo com esse sonho para eles chegarem e mostrarem todo o seu potencial no maior evento de MMA do mundo - finalizou Bernardo.

Dentre os nomes de destaque da WM Sports ainda é possível citar: Milson Castro, Gabriel Mosquitinho, campeão do Future MMA e invicto em oito combates, Bruno Hulk, além de atletas da Europa e da América do Sul que também são agenciados pela empresa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários