Argentina busca eventos esportivos de ponta após sucesso da MotoGP
Lance!
Argentina busca eventos esportivos de ponta após sucesso da MotoGP


O Ministério do Turismo e Esporte da Argentina anunciou a pretensão de ampliar o número de eventos esportivos no país para atrair ainda mais visitantes estrangeiros, principalmente os do Brasil. O Grande Prêmio da República Argentina de Moto GP, realizado em Termas de Río Hondo, em Santiago del Estero, nos dias 1º a 3 de abril, levou mais de 20 mil brasileiros nos três dias de prova.

> Redação do LANCE! elege melhor contratação do futebol brasileiro: confira

O Moto GP é o evento esportivo mais importante do ano para a Argentina desde 2014. Nas duas últimas temporadas, não foi realizado em função da pandemia e de um incêndio no local. O governo argentino já renovou o contrato com os organizadores do motociclismo
internacional até 2025. Além da prova de classe A mundial, as autoridades do país vizinho buscam outras competições de automobilismo ou modalidades de grande interesse público.

O Governo da Argentina participa diretamente da realização da prova de moto pagando os royalties para trazer o evento.

- O Moto GP traz turistas de todos os cantos do mundo, principalmente brasileiros que vem de moto de seu país até Santiago del Estero, passando por toda a Argentina - explicou Matías Lemmens, Ministro do Esporte e Turismo da Argentina.

A sinergia entre turismo e esporte faz parte do plano de governo da República Argentina. Até por isso, as duas pastas estão no mesmo ministério. Além da moto, muitos visitantes viajam ao país vizinho para jogar golfe ou realizar a pesca esportiva.

- Muitos brasileiros visitam o norte nas regiões limítrofes e as cidades que fazem parte da temporada de esqui, que é um grande atrativo para os brasileiros, que encontram diferentes pistas principalmente em Bariloche. E é um destino perto do Brasil, no máximo quatro horas de voo - explicou Matías Lemmens, que foi presidente do San Lorenzo de Almagro entre 2012 e 2019, período em que a equipe do Papa Francisco ganhou sua primeira e única CONMEBOL Libertadores.

O Instituto Nacional de Promoção Turística da Argentina – INPROTUR também fez parte do trabalho de divulgação dos eventos esportivos no país. Durante a WTM Latin America, o secretário executivo da entidade, Ricardo Sosa, também destacou a importância do Moto GP para a economia local.

- Não apenas o Brasil, mas os países de toda América do Sul nos visitam durante os três dias de prova deixando divisas. Queremos potencializar ainda mais o turismo receptivo e o esporte é uma dessas plataformas.

Desde a abertura das fronteiras, em outubro de 2021, até o presente, a Argentina recebeu mais de 400.000 turistas brasileiros, o que significa um aumento de 25% em relação às mesmas datas da pré-pandemia.

O estande da Argentina na WTM Latin America reuniu mais de 30 expositores de diversos segmentos relacionados à cadeia produtiva do turismo. Os prestadores de serviços turísticos foram convocados pela Câmara Argentina de Turismo e tiveram seus espaços de encontro em busca de novos negócios, que totalizaram mais de 1.000 encontros com operadores brasileiros e empresas de grande porte.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários