Mal no Campeonato Colombiano, adversário do Corinthians tem apostado as fichas na Libertadores
Fábio Lázaro
Mal no Campeonato Colombiano, adversário do Corinthians tem apostado as fichas na Libertadores


Talvez mais do que a vitória do Always Ready, da Bolívia, sobre o Corinthians, o triunfo do Deportivo Cali, da Colômbia, sobre os argentinos do Boca Júniors , foi uma surpresa na primeira rodada do grupo E da Libertadores.

Isso porque jogar na altitude de La Paz já pressupõe dificuldade, e esse fator acima do nível do mar não se encontra em Cali, onde os azucareros bateram o segundo maior vencedor do torneio continental por 2 a 0.

Por conta dos resultados da última semana, o Timão trata o duelo contra o Deportivo, nesta quarta-feira (13), às 21h, como decisivo, para conquistar os primeiros três pontos na Liberta e não deixar os colombianos dispararem de cara.

> TABELA - Confira a tabela e simule os jogos da Libertadores
> GUIA LIBERTADORES - Tudo sobre o Timão na competição continental
> GALERIA - Veja todos os técnicos estrangeiros do Corinthians


E para sair da Neo Química Arena com os três pontos, o Corinthians precisará contar com uma noite de Campeonato Colombiano para o Deportivo Cali na Libertadores.

Isso porque se o time verdiblanco deu a largada com uma vitória maiúscula na competição continental, o mesmo não tem acontecido na competição nacional da Colômbia, onde atualmente é o penúltimo colocado, com apenas três vitórias, mais oito derrotas e quatro empates, em 15 jogos.

EMPATE COM SABOR DE DERROTA NO FIM DE SEMANA

No último sábado (9), o Deportivo Cali chegou a ficar perto de vencer o Júnior Barranquilla, em casa, no estádio Colosso de Palmaseca, mas deixou o 1 a 0 escapar nos acréscimos da partida, quando sofreu o empate dos visitantes, com gol marcado pelo ex-palmeirense Borja, aos 48 minutos do segundo tempo.

- O Deportivo Cali na Copa Libertadores é motivado por sua vitória sobre o Boca, que era o favorito. Já na liga colombiana o time não tem feito valer os resultados. A equipe teve altos e baixos e isso os mantém fora da zona de classificação para a fase final. Mas na Copa Libertadores, o Cali entende que é outro torneio e por isso aposta em uma grande atuação como mostrou contra o Boca – destaca o jornalista Francisco Henao, que cobre o Deportivo Cali pelo El País.

Por outro lado, o Cali, que é o atual campeão do torneio Finalización, espécie de segundo turno do Campeonato Colombiano, não perde há cinco partidas, com três empate e duas vitórias no período.

DESFALQUE CONHECIDO

Para o duelo diante do Corinthians, o Deportivo Cali tem apenas um desfalque, que é conhecido da Fiel Torcida, o atacante Yony González, emprestado pelo Benfica até o fim desta temporada, mas que está lesionado.

Pelo Timão González chegou em janeiro de 2020, emprestado pelo Benfica até o meio da temporada, mas com um alinhamento de compra por R$ 13 milhões após o período. No entanto, o atacante jogou apenas quatro partidas pelo clube, com apenas quatro finalizações, sendo somente uma no gol.

Com a pandemia do novo coronavírus iniciando em março daquele ano, o exercício de compra não foi feito pelo Corinthians em junho, e o jogador foi novamente emprestado, dessa vez ao Los Angeles Galaxy, dos Estados Unidos.

Yony já tem dois gols marcados na temporada, e é o vice-artilheiro do clube no ano até aqui, ao lado do argentino Guilhermo Burdisso e do chileno Sebástian Leyton

TREINADOR CONHECIDO

O Deportivo Cali é treinado pelo ex-goleiro Rafael Dudamel, vice-campeão da Libertadores com o clube como atleta, em 1999, perdendo a final para o Palmeiras.

Dudamel teve passagem recente pelo futebol brasileiro, já como treinador, dirigindo o Atlético-MG. Mas após eliminações precoces na Copa do Brasil e Sul-Americana, ainda em fevereiro, foi demitido.

Na sequência, o treinador foi dirigir a Universidade de Chile, onde permaneceu até junho, e em setembro assumiu o Cali, sendo campeão do torneio Finalización dois meses depois. O título foi o primeiro de Rafael Dudamel na nova carreira.

ELENCO EQUILIBRADO


O elenco da equipe da Colômbia está no Brasil dede a madrugada de domingo (10), e na tarde desta segunda-feira (11) treinou na Academia de Futebol, Centro de Treinamentos do Palmeiras.

Entre os altos e baixos na temporada, o elenco dos decanos conta com uma mescla de jogadores experientes, até mesmo com rodagem internacional, como o goleiro Guilherme de Amores, ex-Fluminense, o zagueiro argentino Guilherme Burdisso, o meia Kevin Velasco e o atacante Teo Gutiérrez, alvo corintiano em 2015, e jovens destaques, como o meia Yimmi Congo e o atacante Edgard Camargo.

Velasco, inclusive, é o principal destaque da equipe colombiana na temporada até aqui. Autor do segundo gol contra o Boca, o jogador é artilheiro do time na temporada, com quatro tentos anotados.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários