Goleiro do Sampaio Corrêa desabafa após atentado ao ônibus da equipe: 'Será preciso morrer alguém ?'
Lance!
Goleiro do Sampaio Corrêa desabafa após atentado ao ônibus da equipe: 'Será preciso morrer alguém ?'


Após a derrota para Sport por 1 a 0, na estreia da Série B, o ônibus da delegação do Sampaio Corrêa foi apedrejado . O goleiro Gabriel Batista manifestou-se na internet sobre o ocorrido e questionou a violência no futebol.

- Hoje estreamos não série b e infelizmente o resultado não veio, o Sport venceu o jogo porém o momento mais triste foi após a saída do estádio na qual o nosso ônibus foi apedrejado, isso não cabe mais nos dias de hoje! Será preciso morrer alguém ? - falou o atleta.

De acordo com os relatos, o ônibus ia em direção ao hotel em que a equipe estava hospedada na capital pernambucana, quando uma pedra foi lançada na janela. O lateral Lucas Hipólito foi atingido por estilhaços, mas sem gravidade.

- Graças a Deus ninguém se feriu gravemente mas isso é inadmissível nos dias de hoje!!! Deixo aqui minha revolta e nojo com esse acontecimento, futebol é paixão dentro dos estádios e todos nós estamos trabalhando e com família nos esperando em casa! - completou o goleiro em outro comentário.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários