Alexander Volkanovski e Aljamain Sterling vencem e seguem como campeões no UFC 273
TATAME
Alexander Volkanovski e Aljamain Sterling vencem e seguem como campeões no UFC 273


Os campeões seguem com seus respectivos cinturões. Realizado neste sábado (9), em Jacksonville (EUA), o UFC 273 teve em sua luta principal a vitória do campeão peso-pena Alexander Volkanovski sobre Chan Sung Jung, o “Zumbi Coreano”, por nocaute no quarto round de combate, após um claro domínio ao longo do embate. No co-main event, em uma disputa de cinco assaltos, Aljamain Sterling superou o russo Petr Yan na decisão dividida dos jurados e manteve o cinturão linear da divisão peso-galo.

Além das disputas de cinturão da noite, três brasileiros estiveram em ação no UFC 273. No card principal, em um duelo eletrizante, Gilbert Durinho mostrou muita garra, mas foi derrotado pelo invicto Khamzat Chimaev. Por outro lado, Mackenzie Dern teve Tecia Torres pela frente e conseguiu o triunfo na decisão dividida. Na luta de abertura do evento, o estreante Daniel Willycat foi superado por Julio Arce na decisão unânime dos jurados.

Volkanovski nocauteia Zumbi Coreano e mantém título dos penas

Alexander Volkanovski iniciou o duelo no UFC 273 tendo maior efetividade em seus golpes sobre Chan Sung Jung, o “Zumbi Coreano”. Na sequência, o campeão aplicou uma boa combinação que envolveu cruzado e direto, balançando o sul-coreano. Nos últimos segundos, Alexander novamente derrubou Sung Jung, dessa vez com um golpe de esquerda. No início do segundo round, com um cruzado de esquerda, Volkanovski voltou a balançar o Zumbi Coreano. Na sequência, com um golpe de direita, Alexander voltou a levar seu adversário a knockdown e conseguiu uma queda, ampliando sua vantagem no confronto.

No terceiro round, o Zumbi Coreano reagiu e conectou alguns bons golpes, mas o australiano logo retomou o controle da luta e, nos últimos segundos da parcial, voltou a levar seu adversário a knockdown, quase conseguindo a vitória por nocaute. No quarto round, enfim, Alexander Volkanovski deu fim ao duelo. Com mais uma sequência de jabs e diretos, o campeão acertou em cheio o rosto do sul-coreano e o árbitro central Herb Dean optou por interromper a luta, decretando Volkanovski como vencedor por nocaute técnico, mantendo o cinturão peso-pena do UFC e emplacando sua 11ª vitória consecutiva na organização.

Aljamain Sterling supera Petr Yan e mantém cinturão

O combate entre Petr Yan e Aljamain Sterling começou de forma estudada no UFC 273, com o russo tentando cercar o americano, que explorava a movimentação. No segundo round, Sterling conseguiu uma queda inesperada sobre Yan, grudou nas costas do russo e conectou ótimos golpes no ground and pound, abrindo uma grande vantagem na luta. No terceiro assalto, Aljamain Sterling voltou a mostrar boa movimentação e, novamente, derrubou Yan, controlando o russo com tranquilidade, grudado em suas costas, e garantindo mais um round ao seu favor no duelo.

No quarto assalto, Petr Yan deu um indício de reação e pressionou mais Aljamain Sterling contra a grade. Na sequência, os dois lutadores se embolaram no solo e, com isso, o russo conseguiu ficar por cima e buscou ter mais ofensividade em suas ações, mas o americano conseguiu resistir bem ao ataque do adversário. No quinto round, que foi baseado na luta agarrada, o russo mais uma vez foi melhor, mas pela superioridade dos rounds anteriores, Sterling saiu vencedor na decisão dividida e segue como campeão linear na categoria peso-galo do UFC.

Chimaev vence Durinho em batalha de três rounds

Como já era de se esperar antes do UFC 273, Khamzat Chimaev iniciou a luta pressionando Gilbert Durinho contra a grade, tentando derrubá-lo a todo custo. O brasileiro conseguiu levantar e conectou alguns bons chutes na linha de cintura do checheno, que respondeu com alguns cruzados. No minuto final, Chimaev levou Durinho a knockdown com um forte golpe de direita e terminou o primeiro round em vantagem.

No segundo assalto, os dois lutadores foram para a trocação franca e Gilbert balançou Khamzat com um belo cruzado de direita, seguido de mais bons golpes na curta distância, que levaram Durinho a igualar o placar no duelo. Nos segundos finais da parcial, o brasileiro ainda voltou a levar Chimaev ao solo com mais um soco potente de direita, empolgando o público presente.

No terceiro e último round, Khamzat Chimaev voltou a crescer de produção e conectou bons golpes sobre Gilbert Durinho. O brasileiro, mesmo bem desgastado, reagiu e também aplicou golpes precisos. No entanto, o checheno fez valer sua maior envergadura, teve maior volume de golpes e saiu com a vitória na decisão unânime dos jurados. Dessa forma, Chimaev segue invicto no MMA, agora com 11 vitórias, sendo cinco delas pelo UFC. Já Durinho é derrotado pela segunda vez em suas últimas três lutas no Ultimate.

Mackenzie Dern supera Tecia Torres em luta apertada

Logo de início do duelo do card principal do UFC 273, Mackenzie Dern quis encurtar a distância na tentativa de derrubar Tecia Torres, que buscava os golpes em movimento para “fugir” das investidas da faixa-preta de Jiu-Jitsu e terminou o primeiro round com uma ligeira superioridade. No segundo assalto, Mackenzie partiu para cima, grudou em Torres e, com isso, buscou uma bela kimura, que foi muito bem defendida pela americana. Na sequência, Dern fez a transição para a chave de pé, mas não conseguiu novamente a finalização.

No terceiro e último round, com o placar “igual”, Mackenzie e Tecia vinham na trocação, mas Dern buscou derrubar a adversária mais uma vez, e novamente Torres apresentou uma boa defesa. No minuto final, as duas atletas voltaram para a luta em pé, mas pouco produziram. No fim, após a disputa dos três assaltos, os árbitros decretaram a vitória de Mackenzie Dern na decisão dividida dos jurados. Com o resultado, Mackenzie se recupera da derrota para Marina Rodriguez e volta a vencer no UFC.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC 273
Jacksonville, na Flórida (EUA)
Sábado, 09 de abril de 2022

Card principal
Alexander Volkanovski derrotou Chan Sung Jung por nocaute técnico no 4R
Aljamain Sterling derrotou Petr Yan por decisão dividida dos jurados
Khamzat Chimaev derrotou Gilbert Durinho por decisão unânime dos jurados
Mackenzie Dern derrotou Tecia Torres por decisão dividida dos jurados
Mark Madsen derrotou Vinc Pichel por decisão unânime dos jurados

Card preliminar
Ian Garry derrotou Darian Weeks por decisão unânime dos jurados
Raquel Pennington derrotou Aspen Ladd por decisão unânime dos jurados
Mike Malott derrotou Mickey Gall por nocaute técnico no 1R
Alexey Oleynik finalizou Jared Vanderaa com um estrangulamento no 1R
Anthony Hernanez derrotou Josh Fremd por decisão unânime dos jurados
Piera Rodriguez derrotou Kay Hansen por decisão unânime dos jurados
Julio Arce derrotou Daniel Willycat por decisão unânime dos jurados

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários