Conversas seguem por Carlos Vinícius, mas Palmeiras vê negócio difícil para esta janela
Alexandre Guariglia
Conversas seguem por Carlos Vinícius, mas Palmeiras vê negócio difícil para esta janela


O Palmeiras intensificou as conversas para contratar o tão sonhado centroavante que Abel Ferreira pede e ficou bem próximo de Carlos Vinícius, que atualmente está emprestado ao PSV-HOL , mas pertence ao Benfica. Apesar de as conversas prosseguirem, o otimismo acabou diminuindo para que sua chegada seja ainda nesta janela, que fecha na próxima terça-feira, dia 12.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GUIA DO BRASILEIRÃO
> Multicampeão, Palmeiras vai buscar um título inédito na era Abel Ferreira

GALERIA
> Confira datas e onde assistir aos dez primeiros jogos do Palmeiras no BR

Não é de hoje que o Verdão está de olho no atacante de 27 anos. No fim do ano passado, quando estava em busca de reforçar a posição a pedido do técnico português, o clube chegou a sondar a situação do brasileiro. Embora tenha havido o interesse mútuo, ele havia acabado de ser emprestado por dois anos para o time holandês, e a mudança não faria sentido naquele momento.

Quase seis meses depois, o Alviverde voltou a procurar o agente do jogador para buscar informações. A situação havia mudado e as conversas foram retomadas, com Carlos seguindo com os bons olhos em relação a uma volta ao Brasil. Na reserva na Holanda e com poucas perspectivas na Europa, a possibilidade de brigar por títulos em um gigante brasileiro agrada muito.

No entanto, aquilo que empolgou inicialmente, logo esfriou, uma vez que não é simples a operação para tirá-lo do PSV, com quem tem contrato de empréstimo até o meio de 2023. No acordo com o Benfica, os holandeses podem cobrir uma eventual proposta recebida pelos portugueses e já há um preço fixado para a opção de compra. Além disso, a temporada europeia está em andamento e uma liberação agora não interessaria para a equipe da Holanda.

Assim, a alternativa seria o Benfica tentar tratar o caso com o PSV, enquanto tem a sinalização do Palmeiras, a princípio, por um empréstimo, mas ao mesmo tempo com a possibilidade de sinalizar com uma oferta entre 6 e 8 milhões de euros (entre R$ 31 milhões e R$ 41 milhões na cotação atual) para o negócio em definitivo. Com os portugueses o contrato vai até o meio de 2024.

Diante desse imbróglio que se desenha, é praticamente improvável que haja uma resolução antes do dia 12 de abril, quando fecha a janela de transferências para o Brasil. Sendo assim, a expectativa é de que algo possa ser negociado pensando na próxima janela, que abre no dia 18 de julho. Se chegasse agora, Carlos Vinícius não poderia disputar a Libertadores (somente a partir das oitavas), somente o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários