Thiago Rodrigues parabeniza torcida do Vasco por festa na estreia da Série B: 'Faz parte apoiar e criticar'
Sergio Santana
Thiago Rodrigues parabeniza torcida do Vasco por festa na estreia da Série B: 'Faz parte apoiar e criticar'


A torcida do Vasco roubou a cena na estreia da equipe na Série B do Brasileirão, nesta sexta-feira. Se o Cruz-Maltino teve uma atuação sem graça e ficou no 1 a 1 com o Vila Nova, os torcedores lotaram São Januário e foram protagonistas - apoiando e criticando. O goleiro Thiago Rodrigues ressaltou a presença dos vascaínos.

- Primeiramente parabenizar a nossa torcida, eles são incríveis. É até redundante falar isso, mas parabeniza-los pela festa que fizeram, acho que poucas equipes vão colocar o número de pessoas que eles colocaram aqui no nosso estádio. É aceitar a cobrança, jogar num time grande como o Vasco você tem que estar pronto para isso. A gente entende o nosso momento, estamos vindo de anos difíceis. Temos que ter essa consciência e administrar esses pontos de forma psicológica - afirmou, após a partida.

O camisa 1 afirmou que o elenco precisa estar preparado para possíveis críticas que venham dos torcedores - e que as vaias fazem parte da rotina de um jogador. Além disso, o experiente atleta ressaltou que é preciso "mudar a chave" para a Série B.

- Essa questão do 8 ou 80 da torcida é muito normal, faz parte apoiar e também cobrar, temos que estar prontos para isso. O nosso elenco tem quatro meses de trabalho, é um grupo recente, temos que ter uma resposta dentro da competição, são jogos duros, campos pesados, jogos bravos, temos que virar a chavinha para mudar essa realidade - completou.

Thiago admitiu que o empate não foi o resultado esperado pelo Vasco atuando em São Januário. O Cruz-Maltino deixou dois pontos pelo caminho e, agora, terá que tentar correr atrás contra o CRB, no próximo sábado, no Rei Pelé.

- Realmente não era o que nós esperávamos, a torcida também queria uma vitória. É ter cabeça boa, temos uma semana para o próximo jogo. Com todas as nossas dificuldades, você furar duas linhas de quatro, quase duas linhas de cinco (jogadores), é muito difícil. Eles vieram com essa proposta, sabem jogar a Série B com uma proposta bem retrancada fora de casa - analisou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários