Multicampeão, treinador de goleiros espera nova oportunidade e, ao L!, detalha rotina após sair do Flamengo
Matheus Dantas
Multicampeão, treinador de goleiros espera nova oportunidade e, ao L!, detalha rotina após sair do Flamengo


Sem clube desde que teve sua saída confirmada do Flamengo, em dezembro, o preparador de goleiros Wagner Miranda compartilhou com o LANCE! como tem sido a sua rotina nestes primeiros meses de 2022. Sem viver o calendário de jogos do futebol brasileiro, o profissional conseguiu dedicar-se aos estudos e, agora, está à espera de um convite para retornar aos trabalhos em um clube.

Brasileirão 2022: datas e onde assistir aos dez primeiros jogos do Flamengo!

- Quando sai no Flamengo, priorizei os primeiros meses do ano para estudar, me atualizar de coisas importantes. O calendário que tivemos era muito difícil de você estar fazendo curso presencial, algo mais a fundo, para atualizar a didática. Priorizei isso. Tive uma proposta logo no começo do ano, agradeci ao clube, e expliquei a situação, que iria aguardar mais um pouco. Agora estou na expectativa por um novo convite - afirmou o preparador de goleiros ao LANCE! .

Conhecido como "Gigante" internamente, Wagner Miranda encerrou sua segunda passagem pelo Flamengo. Entre 2005 e 2011, trabalhou no Sub-20, sendo alçado ao time profissional em 2012, a pedido de Dorival Júnior, onde seguiu trabalhando até 2015. Antes de retornar aos trabalhos no Ninho do Urubu, em 2019, trabalhou no Tianjin Quanjian, da China, e Chapecoense.

No Rubro-Negro, Wagner Miranda conquistou 16 títulos, fazendo parte de uma das gerações mais vitoriosas do clube, que conquistou dois Brasileiros, uma Libertadores, duas Supercopas do Brasil e uma Recopa Sul-Americana, entre outras taças, entre 2019 e 2021. Mais do que os troféus, o treinador destaca também a participação na formação de vários goleiros que, atualmente, estão em destaque no cenário do futebol e na Série A do Campeonato Brasileiro.

É o caso do próprio Hugo Souza, titular do Flamengo neste início de 2022, mas também de Luan Polli, do Atlético-GO, Marcelo Carné, do CSA, César, do Bahia, Thiago Rodrigues, do Estoril (POR), Daniel, do Macabi Tel-Aviv (ISR), Marcelo Lomba, do Palmeiras e Paulo Victor, do Marítirimo (POR), entre outros goleiros que trabalharam diretamente Wagner Miranda nos tempos de Ninho de Urubu.

Leia Também

- O trabalho que executamos no Flamengo ajuda no currículo, na credibilidade. Trabalhamos para isso: fazer grandes trabalhos e transformar em títulos, para que a gente possa ter uma visibilidade e ser convidado. Foram 16 títulos (no Flamengo), além do trabalho com vários goleiros que hoje estão em destaque . São jogadores com quem trabalhei tanto na formação quanto no profissional.

Wagner Miranda - Flamengo

Wagner Miranda com os troféus (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

Confira outras respostas de Wagner Miranda em entrevista ao LANCE!:

Como tem sido sua rotina nestes primeiros meses do ano, após a saída do Flamengo?

Na qualidade de treinador de goleiros, nós vivemos praticamente uma vida de atleta. A principal ferramenta é o seu corpo, pela quantidade de chutes, pela dinâmica de treinos. É preciso se manter em forma para executar o trabalho. Meu dia a dia tem sido focado nisso. Além dos estudos. É difícil ter uma oportunidade em função do calendário. Então, estou focando nessas questões.

Cursos, trocas com outros profissionais... Como é essa busca por conhecimento para um preparador de goleiros?

Antigamente, se estudava sobre preparação de goleiros. Hoje vamos além. Já fiz cursos específicos, palestras sobre a preparação de goleiros, mas hoje o preparador tem a necessidade de conhecimento tático. É mais um treinador formado para dar suporte ao técnico, que os procura para discutir o jogo, uma vez que o goleiro, agora, participa do sistema tático.

Hoje, o goleiro inicia a jogada, começa uma transição ofensiva, uma saída da pressão. É preciso ter o conhecimento tático, dentro da ideia do técnico, para você trabalhar com o goleiro e atender as exigências.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários