Empresário Bruno Skornicki estreia no fisiculturismo aos 44 anos, conquista nove troféus e projeta se profissionalizar para competir internacionalmente
Lance!
Empresário Bruno Skornicki estreia no fisiculturismo aos 44 anos, conquista nove troféus e projeta se profissionalizar para competir internacionalmente


A estreia vitoriosa de Bruno Skornicki no fisiculturismo comprova que a idade não é um empecilho para o sucesso neste esporte. Aos 44 anos, o carioca de Petrópolis resolveu subir pela primeira vez nos palcos em março deste ano. E o resultado disso foi a conquista de nove troféus em apenas uma semana.

Bruno disputou o Muscle Contest Internacional em Campinas e no Rio de Janeiro. O maior destaque foi a conquista do primeiro lugar na categoria acima de 40 anos, que o deixou motivado para buscar resultados ainda maiores.

“Eu decidi competir como um desafio pessoal, mas o que mais me surpreendeu foi como influenciei na vida de outras pessoas. Recebo muitas mensagens de gente me pedindo dicas, me agradecendo por motivá-las e por servir de inspiração para elas. Isso é mais gratificante do que qualquer troféu”, contou o empresário, que compartilha regularmente a sua evolução por meio do seu perfil no Instagram (@bruno_skornicki).

“Vou competir agora dia 1° de maio no Arnold Classic América do Sul. Vou subir na Mens Physique categoria Open e na Master 40+ que é a minha de fato. Ano que vem já subo na Master 45+. Para frente pretendo participar do Expo Super Show que vai ser em casa, no Rio e depois vou focar na preparação para o Master Pro em novembro, onde buscarei o Pro Card para competir profissionalmente no exterior”, completou.

Apesar de ter entrado no fisiculturismo apenas aos 44 anos, Bruno tem uma longa jornada na musculação, mas não pensava em competir. Após vivenciar alguns problemas pessoais, resolveu dar um passo a mais no esporte e se aventurar nos palcos. E o resultado disso tudo foi uma verdadeira revolução na vida.

“Eu pratico musculação desde os 14 anos. As pessoas sempre me perguntaram se eu competia e eu dizia que não e me respondiam que eu deveria, porque tinha um físico muito bom. Recentemente, passando por várias situações ruins, resolvi fazer isso como um propósito de vida, até para eu ter foco e um objetivo, testar meu limite”, explicou.

“Fiz uma preparação desde o começo do ano para estrear no meu primeiro campeonato, que foi em Campinas, onde subi em cinco categorias da Mens Physique, sendo premiado em todas elas. Na semana seguinte fui para meu segundo campeonato, onde subi quatro vezes no palco, também sendo premiado em todas elas, além de ter sido campeão na minha categoria de fato, que é acima de 40 anos. E isso tudo me incitou ir ainda mais longe”, concluiu.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários