Em estreia, Cuiabá arranca vitória diante do Melgar pela Sul-Americana
Futebol Latino
Em estreia, Cuiabá arranca vitória diante do Melgar pela Sul-Americana


O Cuiabá conseguiu um feito histórico na noite desta quinta-feira (7). Em sua estreia pela Sul-Americana , o Dourado garantiu o triunfo por 2 a 0 diante do Melgar. Foi o primeiro jogo do clube em uma competição internacional. Com a vitória, o time estreia com pé direito e garante três pontos no Grupo E. Elton foi o autor dos dois tentos.

PRESSÃO DOS VISITANTES!

Em sua estreia na Copa Sul-Americana, o Cuiabá não começou bem. Apesar de visitante, a equipe do Melgar dominou a primeira etapa completamente. O time chegou com uma alta marcação, além de dificultar a saída de bola dos brasileiros. Os peruanos tiveram as melhores chances para marcar. No entanto, esbararam na defesa do goleiro Walter, que evitou os cinco chutes a gol dos visitantes.

MUDANÇA E VITÓRIA!

Diferente da primeira etapa, o Cuiabá voltou mais agressivo para o segundo tempo, principalmente com a entrada de Valdívia, que fez o primeiro chute a gol. O Melgar até tentava, mas não conseguia encontrar espaços no campo de ataque. Depois de uma chance perdida por Pepê, Valdívia conseguiu balançar as redes, aos 30. Porém, o árbitro tinha marcado pênalti para o Dourado. Na cobrança, Elton perdeu, mas garantiu o gol no rebote. Nos acréscimos, o Cuiabá, que manteve uma alta pressão, ampliou. Aos 49, Elton aproveitou cobrança de escanteio e mandou para o fundo das redes.

FICHA TÉCNICA
CUIABÁ 2 X 0 MELGAR

Local:
Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)
Data: 07/04/2022 - 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Ivo Mendez (BOL)
Assistentes: Edwar Saavedra (BOL) e José Antelo (BOL)
Cartões amarelos: Marllon, Alan Empereur, Marcão Silva e Pepê (Cuiabá); Alejandro Ramos, Deneumostier, Orzán e Bordacahar (Melgar)
Cartões vermelhos: -

GOLS: Elton (33'/2ºT) (1-0) e (49'/2ºT) (2-0)

CUIABÁ (Técnico: Pintado)

Walter; João Lucas, Marllon, Alan Empereur e Igor Cariús; Marcão Silva (Everton, aos 0'/2ºT), Rivas (Rafael Gava, aos 15'/2ºT), Osorio (Valdívia, aos 0'/2ºT) e Pepê; André (Elton, aos 21'/2ºT) e Alesson (André Luís, aos 29'/2ºT).

MELGAR (Técnico: Néstor Lorenzo)

Cáceda; Alejandro Ramos, Deneumostier, Galeano e Reyna; Arias (Joel Sánchez, aos 35'/2ºT), Orzán (Tandazo, aos 21'/2ºT) e Pérez Guedes; Bordacahar (Quevedo, aos 29'/2ºT), Cuesta e Iberico (Vidales, aos 36'/2ºT).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários