Zé Ricardo analisa reforços mais recentes do Vasco
Felippe Rocha
Zé Ricardo analisa reforços mais recentes do Vasco


Finalizado o Campeonato Carioca, o Vasco se reforçou com cinco jogadores para a Série B do Campeonato Brasileiro. Destes, somente o ponta-esquerda Lucas Oliveira deverá ser relacionado para estreia do time na competição, na sexta-feira. Mas o técnico Zé Ricardo já falou sobre os novos integrantes do elenco, detalhando, inclusive, que o meia chileno Carlos Palacios é um investimento de longo prazo feito em comum acordo com a 777 Partners.

- Importante esclarecer para o torcedor o que aconteceu: o Palacios foi uma oportunidade que surgiu. O Vasco consultou a parceira, 777 Partners, que entendeu que, por ser um jovem com contrato de três anos e potencial de evolução, entendeu-se que, independentemente do momento que coloque ele em campo, poderemos tê-lo por mais temporadas - observou o treinador, antes de completar:

- O clube começa a fazer o que entendo como ideal. Tivemos 23 saídas, e a partir do momento que começa a se preocupar não só no futuro de agora, mas no amanhã... a maioria dos times têm elencos montados e faz contratações pontuais. Foi muito mais pensando no futuro - sublinhou Zé Ricardo.

-> Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

Noutras palavras, a empresa estadunidense entrou no negócio de forma paralela à operação já encaminhada. A companhia liderada por Josh Wander deverá consumar a compra da Sociedade Anônima do Futebol do Cruz-Maltino. Para tanto, já emprestou R$ 70 milhões para a quitação de débitos considerados emergenciais. A operação está na fase de aprovação interna no clube.

Zé Ricardo também avaliou o que espera técnica e taticamente dos novos comandados. Confira, jogador a jogador:

PALACIOS
- Vejo ele jogando mais na meia central, atrás do atacante, finalizando e dando assistência, mas pode jogar também pelo lado direito pois tem poder de construção. A estreia vai depender de quando ele estiver 100%, porque ele depende muito do físico. Não joga há quatro, cinco meses. Tem muito tempo que não faz uma partida completa.

LUCAS OLIVEIRA
- Provavelmente contaremos com ele no jogo, ainda não tenho 100% de certeza. Ora ala, ora lateral, às vezes atacante pelo lado. Era uma necessidade nossa. Tem bom um contra um, jogou na base de camisa 10, então pode fazer a faixa central. Vai se adaptar bem. Não quero botar pressão nele porque ele é ainda bem jovem. Esperamos dar condição de jogo para que ele possa ser efetivo.

GABRIEL DIAS
- Eu o conhecia da minha passagem no Fortaleza e já tinha enfrentado ele na base. Ele no Palmeiras, eu no Flamengo. O Gabriel pode jogar de zagueiro, lateral e volante. Pode ser importante num campeonato tão duro e de tantos duelos.

ZÉ VITOR, ERICK E (NOVAMENTE) PALACIOS
- São jogadores que já tiveram grandes momentos, os dois primeiros atualmente, como artilheiros e destaques. E o Palacios vinha se destacando no Unión Española, não teve rendimento no Internacional e me parece que foi adaptação. O clube espera que ele possa fazer renascer o que ele apresentou no Chile e na seleção chilena. No futebol, não podemos cravar nada. Jogadres experientes, às vezes, não rendem... sobre os jovens, não criamos muitas expectativas, mas acho que o Vasco acertou nas contratações.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários