Novo zagueiro do Botafogo, Klaus ensinou massagista do Ceará a ler e escrever e ganhou prêmio da CBF
Sergio Santana
Novo zagueiro do Botafogo, Klaus ensinou massagista do Ceará a ler e escrever e ganhou prêmio da CBF


O novo jogador do Botafogo também tem um "quê" de professor. Klaus, reforço anunciado pelo Glorioso na última quinta-feira , carrega uma história emocionante nas costas: ele ensinou o massagista do Ceará, seu ex-clube, a ler e escrever no ano passado.

+ De herói em 2020 a encostado em 2021: quem é Klaus, novo zagueiro do Botafogo

Seu Orlando, de 62 anos, era mais um dos 11 milhões de não alfabetizados do país - dados do IBGE -, mas contou com um "professor especial" para superar essas barreiras. Klaus se solidarizou com a história do massagista, comprou livros e começou a ensina-lo a ler e escrever enquanto os dois estavam no departamento médico para que o zagueiro se recuperasse de uma lesão.

O funcionário, que já tem mais de 15 anos de Ceará, teve uma infância difícil e não passou por um processo de alfabetização. A história foi contada pela "Vozão TV".

– Eu tinha muita dificuldade de ler, ainda sinto... Quando era criança meu pai trabalhava como padeiro e a gente ficava andando de cidade em cidade todos os anos. Entrava nos colégios para estudar mas eu saía, nunca estudei um ano todo. Não culpo meu pai nem minha mãe, eles sempre me colocaram no colégio - contou Seu Orlando.

– Estava no DM me recuperando e acabei ouvindo a história do Seu Orlando, que ele queria aprender a ler para poder ler as palavras de Deus. Fiz um material, dei uma pesquisada em alguns livros e começamos - valorizou Klaus.

+ Botafogo anuncia dois reforços: saiba as contratações, saídas e sondagens do clube

O Departamento Médico do Ceará virou uma sala de aula graças ao novo zagueiro do Botafogo. O massagista do Vozão aprendeu a ler palavras simples e tinha aulas semanas com Klaus.

A atitude rendeu até mesmo uma premiação. Em dezembro, durante o "Prêmio Brasileirão", realizado no Rio de Janeiro, Klaus recebeu o troféu "Não é só futebol" pela CBF. Seu Orlando também marcou presença no evento.

O objetivo do massagista é aprender o suficiente para conseguir ler a Bíblia todos os dias em casa. Agora sem Klaus no dia a dia, ele terá que continuar na batalha sozinho, mas deve ser agradecido pela ajuda do "professor".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários