Fluminense desiste de vender Nino para o Tigres
Luiza Sá
Fluminense desiste de vender Nino para o Tigres


Tudo estava muito bem encaminhado , mas o zagueiro Nino não irá mais para o Tigres, do México. O Fluminense , que tem 60% dos direitos econômicos do atleta, recebeu uma proposta de U$ 5 milhões de dólares (R$ 28,3 milhões na cotação atual) pelo jogador, mas o valor foi considerado baixo pela diretoria. Houve uma tentativa de acordo financeiro com o Criciúma, dono dos outros 40%, mas as conversas não avançaram. A versão dos catarinenses, porém, é diferente.

A informação sobre a desistência foi dada inicialmente pelo "Raiz Tricolor" e confirmada pelo LANCE!. A ideia do Flu era receber U$ 4,5 milhões de dólares (cerca de R$ 25,5 milhões), com o Criciúma ficando com U$ 500 mil dólares (R$ 2,8 milhões). Pelo lado Tricolor, em contato com a reportagem, a informação é de que não houve um acordo entre os clubes. Entretanto, Anselmo Freitas, presidente do Criciúma, explicou ao L! que o clube pediu ao Fluminense mais tempo para analisar a proposta, que chegou às 15h desta quinta-feira.

Por hoje ser feriado na cidade, alguns profissionais nem estavam no local. O prazo para resposta era até às 17h e os catarinenses perguntaram sobre a possibilidade de deixar a resposta para esta sexta-feira e, assim, debater com o departamento jurídico sobre o assunto.

Os direitos de Nino pertencem à GA, que geria o Criciúma até o ano passado. Uma pessoa ligada à empresa também confirmou o fim do negócio. Anselmo Freitas reforçou a ótima relação com o Fluminense e afirmou que ainda não houve resposta sobre a renegociação dos valores da transferência, deixando em aberto a possibilidade de concretizar as conversas.

Há três anos no Fluminense, Nino conquistou espaço na equipe em pouco tempo. Nesta temporada, teve um desempenho irregular, mas mesmo assim foi titular absoluto. Em 44 jogos, auxiliou o time com três gols e duas assistências. O zagueiro é um dos ativos que o Flu, que espera lucrar com ele, e tem contrato até o fim de 2024.

Com a titularidade nas Olimpíadas, o clube aguardava uma proposta, mas acabou não havendo negócio. O zagueiro tinha o sonho de atuar na Europa, mas acenou positivamente para a possibilidade de ir para o México, especialmente pelo ganho salarial.

Para a posição, o Flu já contratou David Duarte, e tem no seu plantel Luccas Claro, David Braz, Luan Freitas e Matheus Ferraz.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários