No final do jogo, Coritiba marca e vence Real Brasília em estreia na Copinha
Futebol Latino
No final do jogo, Coritiba marca e vence Real Brasília em estreia na Copinha


Jogando no Estádio Nicolau Alayon, em São Paulo, o Coritiba enfrentou o Real Brasília, nesta quarta-feira (5). Na partida da estreia da Copa São Paulo de Futebol Júnior 2022, as equipes, que estão no Grupo 32, fizeram um jogo bastante equilibrado. No final do duelo, o Coxa contou com gol de Jean Henrique, vencendo por 1 a 0.

Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

PRIMEIRO SUSTO!

O primeiro tempo começou com calma, com os dois times se estudando a todo tempo. O Coritiba foi o primeiro a assustar, aos 6. No entanto, a bola foi direto no goleiro Gabriel Vitor. O Real Brasília respondeu na sequência. Vini tentou a inversão, mas acabou errando e deixou nas mãos do paredão do Coxa.

ESPALMA O GOLEIRO!

O Real Brasília não demorou a ter uma nova chance de perigo. Em jogada perigosa, o time apareceu com um chute de James, que mandou uma bomba de fora da área, aos 14. No entanto, o goleiro Sidnei voou para evitar que os adversários abrissem o placar.

QUE DEFESA!

O Real Brasília teve uma nova grande chance. Aos 17, Ruan apareceu pela esquerda, venceu na marcação e bateu de canhota. Em mais uma defesa providencial, o goleiro do Coritiba evitou que o time adversário abrisse o placar. Na sequência, após cobrança de escanteio, a zaga do Coxa isolou.

UHHH!

O time de Brasília seguiu com grande pressão e quase abriu o placar aos 18. A equipe apareceu com perigo, com Felipe Alves mandando um chute de fora da área, pela direita. Contudo, na hora de finaliza, a zaga afastou. Como resposta, o Coxa também apareceu. Na pequena área, a bola passou por toda a extensão, mas ninguém apareceu para finalizar.

QUE CHANCE!

Após uma sequência de lances truncados e com muitas faltas, o Real Brasília chegou com perigo aos 34. Giovani caiu pela lado direito da defesa e mandou uma cabeçada para tentar abrir. No entanto, o goleiro evitou o perigo.

RESPOSTA RÁPIDA!

O Coxa não ficou para trás e também assustou. Em uma resposta rápida, o Coritiba também teve uma das melhores oportunidades, mas também pagou no goleiro do Real Brasília.

VOLTA TRUNCADA...

A segunda etapa voltou movimentada, com as duas equipes querendo abrir o placar do Nicolau Alayon. No entanto, os times esbarraram em jogadas bastante truncadas, além de substituições. Com isso, poucas chances de perigo aconteceram.

REAGINDO...

Depois de algumas trocas nos jogadores dentro de campo, o Real Brasília apareceu com perigo. Aos 19, em jogada de velocidade, a equipe apareceu com Vitor Salles. Na hora do cruzamento, porém, a zaga do Coritiba cortou.

QUE PERIGO!

O Coritiba teve a melhor chance aos 26. Em uma jogada rápida, Lucas Ronier recebeu na entrada da área. Na cara do gol, o jogador deu uma caneta no adversário, mas foi travado e não conseguiu marcar nada.

MAIS UMA TENTATIVA...

Mudando de estilo, o Coxa pressionou mais e chegou com mais chances de perigo. Aos 29, o time apareceu de novo com Lucas Ronier, pelo lado direito. Contudo, a jogada terminou com a bola indo pelo lado esquerdo da rede.

COXA NA FRENTE!

Depois de conseguir controlar a partida, o Coritiba, enfim, conseguiu abrir o placar. Aos 36, em cruzamento, Jean Henrique aproveitou erro de Vitor Sales e subiu no terceiro andar para mandar, de cabeça, para o fundo das redes do Nicolau Alayon.

CONTROLANDO O RESULTADO!

O Coxa apenas controlou o resultado, tentando segurar o placar positivo para a equipe paranaense. Bem desfalcado, o Real Brasília não conseguiu criar boas chances. Com isso, o duelo terminou no 1 a 0.

FICHA TÉCNICA
Coritiba 1 x 0 Real Brasília

Local: Estádio Nicolau Alayon, em São Paulo (SP)
Data: 05/01/2022 - às 15h15 (horário de Brasília)
Árbitro: Leandro Carvalho de Oliveira
Assistentes: Thiago Gonçalves Dias e Patrick André Bardauil
Cartões amarelos: Lucas Rafael, Willian e Alec (Coritiba); Igor Gomes, Caio Mendes e Wesley (Real Brasília)
Cartões vermelhos: -
Gols: Jean Henrique, aos 36'/2ºT (1-0)

CORITIBA (Técnico: Alan Ribeiro)

Sidnei; Diogo (Felipe, aos 33'/2ºT), Guilherme, Jean Henrique e Alec; Lucas Ronier, Lucas Rafael (Jean, aos 0'/2ºT), Geovane (Douglas, aos 19'/2ºT) e Nathan Oliveira (Willian, 0'/2ºT); Kaio (Ruan, aos 18'/2ºT) e Iruan (Kevin, aos 50'/2ºT).

REAL BRASÍLIA (Técnico: José Gerson Ramos)

Gabriel Vitor; Caio Mendes, Wesley, Felipe Mendes (Gabriel Lima, aos 25'/2ºT) e Matheus Obina; Felipe Alves (Luciano, 0'/2ºT), James (Vitor Sales, aos 13'/2ºT) e Bruninho (Maycon, aos 13'/2ºT); Vinicius César, Juan (Fred, aos 6'/2ºT) e Igor Gomes (Thiago Castro, aos 23'/2ºT).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários