Jorge Jesus 'enrola' o Galo e pede mais 10 dias para decidir se assume ou não o clube mineiro
Valinor Conteúdo
Jorge Jesus 'enrola' o Galo e pede mais 10 dias para decidir se assume ou não o clube mineiro


Primeira opção do Atlético-MG, Jorge Jesus segue “enrolando” o Atlético-MG ao não dar uma resposta ágil ao clube mineiro. O português parece não demonstrar muito empenho em acertar com o time mineiro para a temporada 2022.

O Galo e o treinador tiveram nova reunião e Jesus pediu 10 de prazo do para tomar decidir se aceita ou não o convite alvinegro. A cúpula do Galo ainda quer o ex-técnico do Benfica como comandante do grupo em 2022, mas não está com o otimismo lá em cima.


O Atlético quer avançar nas conversas, mas o staff de Jesus indica que ele receberá os dirigentes alvinegros por educação, sem a intenção de fechar algum acordo com o Galo.

Como publicado pelo LANCE! na última semana, membros do staff de JJ poderiam ser entrave em sua vinda para o Galo. Porém, não é só isso que pode impedir sua vinda para Minas Gerais. Há outras vozes consultadas pelo treinador que o aconselharam a não voltar ao Brasil neste momento.

O motivo maior é não afetar sua imagem vencedora com o Flamengo em 2019. Aceitar outro clube neste momento seria um desgaste desnecessário.

Em 2019, antes de assumir o Fla, Jesus esteve com os principais nomes e parceiros do Atlético-MG, mas não sentiu segurança no projeto alvinegro naquele momento e preferiu o time carioca. O “filme” parece se repetir, e o técnico não demonstra muito empenho em aceitar a proposta atleticana.

O alvinegro trabalhar em paralelo com um “plano B”. Outro português: Carlos Carvalhal, de 56 anos, está no alvo, mas como ainda está vinculado ao Braga, o clube mineiro teria de arcar com uma multa de 2,5 milhões de euros para contar com o treinador.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários