Carlos Brazil afirma que Leandro Castan está próximo de deixar o Vasco: 'Desgaste natural'
Lance!
Carlos Brazil afirma que Leandro Castan está próximo de deixar o Vasco: 'Desgaste natural'


Em meio à reformulação do elenco, o novo gerente de futebol do Vasco , Carlos Brazil, afirmou, durante sua apresentação, que o zagueiro Leandro Castan não irá permanecer no clube para a próxima temporada. Como o clube ainda tem uma dívida com o atletas, as conversas seguem e buscam um denominador comum.

- O Leandro Castan sempre foi uma peça muito importante dentro do contexto do futebol do clube. A gente só tem a agradecer, foi um capitão de verdade. eu acompanhei quando estive aqui na base, tive contato. É um ser humano especial acima de tudo. Um profissional extremamente comprometido e que entregou muito ao clube - disse Carlos Brazil, e emendou:

+ Confira a classificação final da Série B do Campeonato Brasileiro

- Por um desgaste natural, um desgaste normal para quase todos os atletas que aqui estiveram. Ele também entende como positivo uma saída. A gente também entende como positivo. Mas ainda há uma conversa e o Vasco tem um débito com ele. Existe um contrato em vigor que só vence no final do ano. Isso precisa ser debatido para que não tenha nenhum prejuízo para ambas as partes. Nem para o Vasco, nem para o atleta. Que ele possa se recolocar no mercado. Ele quer jogar mais alguns anos e o Vasco sabe disso. Penso nele como ser humano e é importante a possa exercer a função dela - completou.

+ Novidade na Colina: Vasco contrata duas empresas para elaborar projeto da Sociedade Anônima do Futebol


Desde que chegou ao clube em 2018, Leandro Castan mostrou ser líder e incentivar os companheiros no vestiário e em campo. Ele sempre afirmou ser grato ao Vasco pela oportunidade que teve, depois que quase ter que parar de jogar. Ao longo desses anos, foram 145 partidas disputadas, três assistências e dois gols.

+ Apresentado, Zé Ricardo encara desafio com o Vasco na Série B como 'A maior oportunidade da carreira'

No entanto, houve um desgaste com a torcida pela queda de rendimento em campo e algumas declarações polêmicas. No jogo contra o Vitória, em São Januário, o experiente defensor foi bastante vaiado pelo público que compareceu na derrota cruz-maltina. A saída de Castan será a décima primeira. Além dele, Germán Cano, Andrey, Léo Jabá, Marquinhos Gabriel, Ernando, Michel, Romulo, Morato, Zeca e Walber deixaram o clube.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários