Polícia aponta dois advogados como supostos autores de gestos racistas na final da Copa do Brasil
Lance!
Polícia aponta dois advogados como supostos autores de gestos racistas na final da Copa do Brasil


Dois torcedores do Athletico-PR foram identificados, nesta terça-feira, como autores dos gestos supostamente racistas na final da Copa do Brasil , realizado na última quarta-feira, na Arena da Baixada.

Conforme a informação publicada pelo 'O Globo', os apontados são advogados e irmãos. A dupla reside no município de Londrina, no Paraná. Apesar do Athletico-PR não ter utilizado a biometria na partida em questão, a Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos (Demafe) usou câmeras de segurança do estádio e testemunhas para identificar os suspeitos. O Defame aguarda os torcedores para prestarem depoimentos.

Os irmãos foram flagrados fazendo gestos em alusão a macacos e apontando para o tom da pele. As ofensas eram voltadas tanto para o setor onde estava a torcida do Atlético-MG como até mesmo contra outros torcedores do Furacão, como foi o caso de uma torcedora que estava no camarote da Arena em outro registro que circula nas redes sociais. A cena foi flagrada e filmada pela jornalista Bianca Molina, da Rede Bandeirantes

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários