Ano mágico! Com título da Copa do Brasil, Atlético-MG chega aos R$ 145 milhões em premiação
Luiza Sá
Ano mágico! Com título da Copa do Brasil, Atlético-MG chega aos R$ 145 milhões em premiação


Depois de golear no Mineirão por 4 a 0, o Atlético-MG apenas confirmou o título da Copa do Brasil após nova vitória, dessa vez por 2 a 1, sobre o Athletico-PR , nesta quarta-feira, na Arena da Baixada. Com isso, o Galo fecha a temporada com três títulos, somando ainda o Campeonato Brasileiro e o Mineiro, além de ser semifinalista da Libertadores, chegando a R$ 145 milhões conquistados com premiação.


Destes, apenas o Estadual não oferece dinheiro ao campeão. No torneio continental, onde o Galo acabou eliminado pelo Palmeiras logo antes da decisão, foram R$ 40,9 milhões arrecadados no total. No Brasileirão, o título rendeu R$ 33 milhões, enquanto na Copa do Brasil, com a taça, esse montante ficou na casa dos R$ 61,15 milhões.

>> L! Espresso: Insaciável, Atlético-MG fecha o ano como o melhor time brasileiro

Em termos de comparação, o Flamengo de 2019 terminou com R$ 150 milhões e o Palmeiras de 2021 com R$ 164,5 milhões. No orçamento aprovado para 2021, o clube mineiro previa arrecadar R$ 183 milhões somando receitas de transmissão de jogos e premiação, sem fazer a distinção dos valores esperados de cada um. Em jogos com TV aberta no Brasileiro, o Galo faturou mais R$ 13,2 milhões.

Mas não foi só nisso que o Atlético ganhou bem. Em bilheteria, por exemplo, o Galo fechou 2021 com R$ 34.726.729,82 de arrecadação líquida em 14 jogos. Sendo que apenas em metade deles o Mineirão teve 100% do público liberado. A meta prevista era de R$ 19,2 milhões brutos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários