Na seleção do Brasileirão pelo segundo ano, Gustavo Gómez avalia ano do Palmeiras e mira Mundial
Felippe Rocha, Matheus Dantas e Melina Fagundes
Na seleção do Brasileirão pelo segundo ano, Gustavo Gómez avalia ano do Palmeiras e mira Mundial


Eleito para a seleção do Campeonato Brasileiro pela segunda temporada consecutiva, Gustavo Gómez, do Palmeiras , esteve presente no Prêmio Brasileirão 2021, nesta sexta-feira, e, após receber o prêmio de melhor zagueiro, avaliou positivamente a temporada do Alviverde - que ficou na terceira posição. O paraguaio dividiu os méritos do prêmio com os parceiros.

- Muito feliz por estar aqui mais um ano. Agradecer aos meus companheiros, minha família e ao pessoal do Palmeiras que me ajuda. Sem eles, é muito difícil ganhar um troféu individual - afirmou Gómez, já projetando ao Mundial:

- Em geral, o ano foi muito bom para o Palmeiras. Ganhamos uma Copa do Brasil e duas Libertadores, jogamos as finais do Paulista, mas sempre há o que melhorar. Agora é descansar e voltar forte para enfrentar o Mundial, que é muito importante para a gente. Vamos nos preparar para buscar esse título, que é muito importante - completou o zagueiro paraguaio do Palmeiras.

Gustavo Gómez também falou sobre a importância da continuidade de Abel Ferreira no comando do Palmeiras, ressaltando o trabalho feito pelo português.

- Muito importante. O professor foi muito importante, mexeu muito com a parte mental e o trabalho está aí. Duas Libertadores - finalizou o defensor.

O goleiro Weverton e o meia Raphael Veiga também representaram o Palmeiras na seleção do Campeonato Brasileiro e, após receberem os prêmios, falaram.

- Seguir em frente, buscando coisas novas, respeitando nossos companheiros para que possam vir mais títulos. Sabemos o quanto é bom vencer e desfrutar, mas existe um grande preço e temos que trabalhar para isso - disse Weverton.

- Não vou dizer que o futebol é tudo na minha vida, mas tem um significado muito grande. Passei grande parte da minha vida jogando, participando. É um sonho, um lazer. Eu não me vejo fazendo outra coisa - disse Raphael Veiga.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários