Mudança no visual faz Athletico-PR aliar busca por modernização ao resgate de suas origens. Entenda!
Vinícius Faustini
Mudança no visual faz Athletico-PR aliar busca por modernização ao resgate de suas origens. Entenda!


A ascensão do Athletico-PR nos gramados trouxe a tiracolo uma peculiaridade do clube. Marcado por mudanças arrojadas em sua identidade visual, o Furacão no ano de 2018 apresentou um novo escudo e alterou sua grafia. Neste momento de guinada no qual apresenta uma guinada até na sua imagem, o Furacão tem pela frente na Copa do Brasil justamente um "xará": o Atlético-MG. O jogo de ida acontece no domingo (12) no Mineirão.

A ideia de dar uma "nova cara" ao Athletico ganhou corpo em meados de 2017, e teve como figura essencial o então diretor de marketing do clube, Nelson Fanaya Filho.

- O Mário Celso Petraglia entrou em contato comigo e disse que o objetivo era criar uma identidade para uma era na qual almeja ser protagonista. Para mostrar um Athletico que faz frente em competições de grande porte, tem competições de disputar por exemplo uma Copa Libertadores - detalhou Fanaya ao LANCE! .

ESCUDO QUE REMETE À ORIGEM DO APELIDO FURACÃO Athletico Pr x Cuiaba

Athletico-PR em campo com seu novo uniforme: responsabilidade de ostentar o nome de time campeão em 1949 (Foto: Divulgação/CAP)

Filho de Nelson Fanaya, mandatário do Athletico em 1999, ano do título da Seletiva para a Libertadores de 2000, o ex-diretor de marketing declarou que o ponto de partida para o escudo foi justamente o apelido do clube.

- O escudo tem como chave o Furacão. Esta apelido foi dado a uma equipe do Athletico campeã de 1949 no âmbito estadual (na qual venceu os dois turnos, com dez vitórias em 12 jogos e 49 gols marcados). Fomos procurar esses ventos que estão no escudo. Achamos o vento da inovação, o da rebeldia, da ambição e do entusiasmo, e colocamos como quatro linhas fixas de crescimento - disse, em referência ao modo como estão as faixas, e acrescentou:

- O Giovanni Vanucchi criou o escudo e acabou dando certo - finalizou.

ATHLETICO... UMA IDEIA QUE VEIO NA HORA AGÁ! Atlhletico paranaense

Athletico apresentou nova grafia e uniforme no qual aponta crescimento (Divulgação

Outra mudança significativa veio ao fazer uma ligeira mudança na grafia do Furacão. Porém, a "radicalização" não seria propriamente algo tão surpreendente, segundo ele.

- Ao resgatarmos documentos da fundação, ocorrida em 1924, vimos que não houve uma mudança de fato na grafia. Ainda está lá Athletico Paranaense. Não há nenhuma ata posterior exigindo que acompanhe a mudança ortográfica da língua portuguesa. Foi algo natural do Athletico se tornar Atlético - disse.

O ex-diretor de marketing detalhou como houve o convencimento para este "resgate" da grafia Athletico.

- Fizemos uma campanha com os torcedores. Dissemos: quantas pessoas são batizadas com o nome de Raphael, há quantas com o nome de Sophia? Somos no Brasil o único Athletico que tem a letra H no seu nome - apontou.

Outro fator pesou para a mudança de grafia do nome da equipe paranaense.

- O nome Atlético é muito genérico no exterior. O próprio Atlético Mineiro se torna apenas Mineiro, nós quando jogávamos fora nos tornávamos só Paranaense, pois lá na Argentina existem um Club Atlético River Plate ou um Club Atlético Boca Juniors. A letra H faz o Athletico-PR ter um diferencial. Além disto, sabemos da amplitude nacional que o Atlético-MG já ganhou. Neste contexto, a busca sempre foi por deixarmos uma marca nossa, de um clube de fora do eixo que pretende ganhar seu espaço - destacou.

A MUDANÇA SEM PERDER A ESSÊNCIA COMO CARACTERÍSTICA

Leia Também

Atheltico Paranaense Escudos

Alguns escudos que o Athletico-PR teve em sua história antes do atual (Arte Lance!)

Hoje consultor de marketing, Nelson Fanaya Filho contou que houve uma certa rejeição inicial. Porém, houve uma feliz coincidência.

- As mudanças em qualquer empresa ou local geram rejeição de entendimento. Só que aconteceu do lançamento vir justamente na época na qual ganhamos a Sul-Americana (de 2018) e aceitação foi maior. Naturalmente, torcedores mais tradicionais se queixaram, mas mostramos que esta mudança visual não significa jogar o passado de um clube no lixo. Há a necessidade de uma evolução e hoje as pessoas se acostumaram - declarou.

O ex-diretor de marketing contou que a história do Furacão contribuiu para a aceitação da mudança visual.

- São mudanças que dependem do espírito de cada empresa. Além de ser uma volta às origens do clube, o Athletico tem como marca a inovação e isso passa pelos seus escudos. Em sua história, o símbolo já foi com formato semelhante ao do Flamengo, tendo apenas a letra CAP no local e até adotou o rubro-negro em horizontal. Somente em 1996 veio aquela mudança para o escudo anterior a este - detalhou.

ESPECIALISTAS EM MARKETING APROVAM EVOLUÇÃO DE VISUAL Athletico x Red Bull Bragantino - Comemoração CAP

'O Athletico precisava de um diferencial ser de outros Atléticos', disse o consultor Felipe Soalheiro (Foto: Divulgação / Conmebol Sudamericana

A mudança de visual do Furacão foi elogiada por outros especialistas em marketing.

Executivo com mais de 20 anos de experiência profissional em diretoria comercial, de marketing e novos negócios do esporte, Renê Salviano valorizou a adaptação.

- Em qualquer segmento é necessário evoluir para se adaptar às mudanças de hábitos de consumo, e no esporte não pode ser diferente. As concorrências aumentam e se diversificam, quem imaginaria há décadas atrás que teríamos como concorrentes de audiência dos clubes de futebol uma Netflix? Computadores, óculos, carros, móveis, qualquer indústria evoluiu suas formas e conceitos... entendo que no futebol deve ser assim também - disse.

O responsável pela agência HeatMap minimizou eventuais rejeições da torcida.

- Qualquer mudança gera barulho, acontecem insatisfações de uma parte e satisfações de outra. Com certeza, riscos são calculados para que mudanças como estas sejam feitas em um momento estratégico para maior aceitação - destacou.

Diretor da agência esportiva SportBiz Consulting, Felipe Soalheiro falou sobre a necessidade de fazer diferença em relação ao xará.

- Mexer com tradições no futebol sempre irá suscitar polêmica. O Athletico sempre foi um clube ousado e inovador, e precisava se diferenciar dos demais “Atléticos” no Brasil, especialmente em um mundo em que a propriedade intelectual tem cada vez mais valor - e frisou:

- Não ajudava o Atlético-MG ter dominado o universo digital através dos muitos Atlético e acredito que, apesar de terem ciência total da reação negativa inicial de parte da torcida, foi sim um risco calculado para priorizar a criação de uma identidade própria e única para o clube, tanto no nome quanto em seu escudo, que tem tudo para render frutos comercialmente - complementou.

Domingo, o Athletico Paranaense medirá forças com o xará Atlético Mineiro no jogo de ida da final da Copa do Brasil, às 17h30.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários