Ídolo do Atlético-MG, Reinaldo faz protesto durante discurso no Bola de Prata: 'Fogo nos racistas'
Lance!
Ídolo do Atlético-MG, Reinaldo faz protesto durante discurso no Bola de Prata: 'Fogo nos racistas'


O ex-jogador Reinaldo, ídolo do Atlético-MG, foi homenageado nesta sexta-feira durante o 'Bola de Prata', premiação dos melhores do Brasileirão promovido pela ESPN. Ele recebeu o troféu 'Reflexões' e foi chamado ao palco pelo humorista Yuri Marçal, que falou sobre o respeito que tinha ao seu 'ancestral' na luta contra o racismo.

Reinaldo entrou no palco com o punho cerrado e o braço erguido, da mesma forma que comemorava seus gols. Em seu discurso, ele foi curto, mas deixou seu recado sobre o que pensa sobre o racismo.

- Os anos de história do nosso clube (Atlético-MG) mostra que somos resistência. Como povo brasileiro, devemos sempre lutar, lutar e fogo nos racistas! - exclamou Reinaldo, que foi aplaudido pela plateia.

O gesto eternizado pelo ídolo do Galo foi inspirado no movimento 'Panteras Negras', que lutavam contra o racismo nos Estados Unidos. Seu protesto também era um recado para a Ditadura Militar, que vigorou no Brasil entre 1964 e 1985 e reprimiu manifestações contrárias ao regime. Reinaldo, inclusive, foi reprimido por causa de suas comemorações .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários