Benítez não renovará empréstimo com o São Paulo e dará adeus ao clube, diz empresário do jogador
Lance!
Benítez não renovará empréstimo com o São Paulo e dará adeus ao clube, diz empresário do jogador


O São Paulo não vai renovar o contrato de empréstimo do meia Martín Benítez, que vencerá ao término deste ano . O empresário do jogador argentino, Adrian Castellanos, disse que o clube não possui condições financeiras de oferecer um novo vínculo ao atleta, que está perto de dar adeus ao Morumbi. A informação, divulgada inicialmente pelo GE, foi confirmada pelo LANCE! nesta sexta-feira.

Em abril passado, quando o São Paulo estava sendo comandado pelo técnico argentino Hernán Crespo, o clube acertou a contratação do meio-campista junto ao Independiente, da Argentina, que cedeu o atleta por empréstimo até o fim do ano por US$ 300 mil (cerca de R$ 1,6 milhão, pela cotação atual).

O vínculo firmado entre as partes também previa a compra em definitivo do jogador ao término do contrato de empréstimo pelo valor de US$ 3 milhões (aproximadamente R$ 16,7 mil), mas o pagamento desta quantia hoje está fora da realidade do Tricolor, que atravessa uma grave crise financeira. E até mesmo para ser reemprestado a condição atual é desfavorável para um novo acerto.

- Ele não vai continuar no São Paulo. Não há condições financeiras para estender o empréstimo - disse o empresário Adrian Castellanos ao GE .

Depois de ter chegado ao São Paulo no início de abril, após defender o Vasco no futebol brasileiro, Benítez ajudou a equipe de Crespo a conquistar o título do Campeonato Paulista em maio, quando o time encerrou um jejum de 16 anos sem troféus do torneio estadual ao superar o Palmeiras na decisão.

Ao total, Benítez disputou 42 partidas com a camisa são-paulina, marcando quatro gols e distribuindo seis assistências. Entretanto, ele enfrentou muitos problemas físicos ao longo do ano, primeiro sob o comando de Crespo e depois com Rogério Ceni, que assumiu a equipe na primeira quinzena de outubro.

O último jogo do argentino pelo São Paulo foi na última segunda-feira, quando só entrou na equipe aos 37 minutos do segundo tempo da vitória por 3 a 1 sobre o Juventude, no Morumbi, onde a equipe livrou o risco de rebaixamento à Série B. Depois disso, o meia desfalcou o Tricolor no confronto de quinta, contra o América-MG, em Belo Horizonte, por causa de um quadro gripal.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários