Agente diz que Haaland pode mudar de clube em 2022 e cita Real Madrid, Barcelona, Bayern e Manchester City
Lance!
Agente diz que Haaland pode mudar de clube em 2022 e cita Real Madrid, Barcelona, Bayern e Manchester City


Considerado como um dos empresários mais influentes da atualidade no mundo do futebol, o italiano Mino Raiola voltou a falar sobre o futuro de Erling Haaland. Agente do jogador do Borussia Dortmund , o representante afirmou, pela primeira vez, que o atleta pode deixar o clube alemão ao final da temporada atual.


Em entrevista à emissora germânica "Sport1", Raiola descartou a saída do atleta na janela de transferências do inverno europeu, que ocorre em janeiro, mas não excluiu a possibilidade de uma negociação no meio do ano.

- Há uma grande chance de Haaland partir no próximo verão (meio de 2022). Vamos contar ao Borussia Dortmund qual é a nossa ideia e o Borussia Dortmund nos contará as ideias deles. Mas nenhuma decisão sobre o futuro de Erling será tomada no inverno. Talvez neste verão, talvez no verão seguinte (meio de 2023). Veremos - disse Mino Raiola.

+ Veja a tabela e os jogos da Bundesliga

Na última quinta-feira, o empresário, em entrevista ao mesmo canal, já havia citado que pensa numa transferência do jogador "há dois anos" e que sabe quais clubes podem aparecer como destino. Desta vez, porém, o agente abriu o jogo e citou nominalmente as equipes.

- Erling Haaland dará o próximo passo. Bayern de Munique, Real Madrid, Barcelona, ​​Manchester City... estes são os grandes clubes aos quais ele pode ingressar - disse Raiola, que ainda abordou especificamente o clube inglês:

- O Manchester City venceu a Premier League cinco vezes (última década), significativamente mais do que o Manchester United. Quando mudamos para o Borussia Dortmund, todos sabíamos que esse passo viria - declarou.

Mino Raiola

Mino Raiola é agente de Haaland e outros nomes importantes do futebol (Foto: AFP)

+ Chelsea vai poupar o time no Mundial? Veja quem são os reservas dos Blues

Outro ponto abordado durante a entrevista foi sobre o valor para que Haaland deixe o Signal Iduna Park. Diante de muita especulação sobre uma possível redução no valor da multa rescisória para 75 milhões de euros (R$ 470 milhões), Raiola não confirmou o preço e tratou como assunto confidencial.

- Isso fica entre mim e o jogador. Existem apenas duas partes que podem dizer algo ao mundo exterior: clube e jogador. Sabemos exatamente o que deve acontecer. Estruturamos isso muito claramente com o Borussia Dortmund - frisou Mino Raiola.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários