Palmeiras notifica Burger King por propaganda de sanduíche
LANCE!/NOSSO PALESTRA
Palmeiras notifica Burger King por propaganda de sanduíche


O Palmeiras notificou o Burger King por uma propaganda da empresa de fast food em que é feita uma alusão ao clube. O vídeo em questão consiste na publicidade de um novo sanduíche de carne de porco. A informação foi divulgada pelo ‘ge’.

O Verdão solicita que sejam excluídas “todas e quaisquer postagens” sobre o comercial e, também, uma retratação pública.

De acordo com o Alviverde, houve um “marketing de emboscada”, que consiste numa propaganda publicitária realizada por uma marca que não é patrocinadora do clube, evento ou federação. A ação extrajudicial é baseada no artigo 87 da Lei Pelé, que garante que símbolos, nomes e apelidos são exclusivas das entidades de práticas desportivas.

Além disso, os artigos 189 a 195 da Lei Federal 9.279/96 determinam que comete um crime quem utiliza marcas registradas sem a autorização do titular.


Na propaganda em questão, é anunciado um novo lanche de carne de porco. Com tema futebolístico, são mostradas diferentes pessoas com cores de times de futebol como Flamengo, Corinthians, São Paulo e Palmeiras.

O Burger King negou ter praticado qualquer ação ilícita, afirmando que não mencionou o clube no comercial.

– Sobre a notificação do Palmeiras, recebida pelo Burger King, em relação à campanha de lançamento do Whopper Costela, a marca ressalta que seu objetivo foi apresentar o novo produto de forma divertida, evidenciando o sabor único da carne de porco. O Burger King esclarece que em nenhum momento fez menção direta para qualquer clube de futebol – disse, ao ge.

O Palmeiras, por sua vez, explicou os motivos para ter notificado a multinacional.

– Notificamos o Burger King em razão de ter havido uma clara e ilegal alusão à marca do Palmeiras. O futebol brasileiro está se modernizando e se qualificando. É inconcebível que, neste momento, uma instituição da grandeza do Burguer King prefira piratear as marcas dos clubes ao invés de licenciá-las e contribuir com o fortalecimento desse mercado.

A notificação não envolve uma ação judicial. Esta, porém, não está descartada, caso o Burger King negue as exigências do Palmeiras.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários