Lance

Lance


Clayson comemora gol do Corinthians
Reprodução / Conmebol
Clayson marcou o primeiro gol do Corinthians

Corinthians e Montevideo Wanderers começaram a decidir uma das oitavas de final da Copa Sul-Americana, nesta quinta-feira, dia 25 de julho - data em que se comemora o Dia do Escritor. A profissão, assim como futebol, exige criatividade, algo que sobrou em Pedrinho diante dos uruguaios. Em uma noite mágica, o meia-atacante iniciou a jogada do gol de Clayson com um lindo passe, e aos 40 minutos da etapa final, fez 2 a 0 para o Timão - que leva boa vantagem para Montevidéu.  

Com o resultado, o Alvinegro avança mesmo perdendo por um gol de diferença. Caso marque no Uruguai, a equipe paulista pode perder por dois gols. Um novo 2 a 0 leva para os os pênaltis. A partida de volta acontece na próxima quinta-feira, novamente às 21h30. Antes, pelo Campeonato Brasileiro, o Timão visita o Fortaleza no domingo, às 19h, no Castelão.

Início promissor
Buscando impor-se dentro de casa, o Timão começou ocupando o campo de defesa uruguaio e, logo aos dois minutos da primeira etapa, teve a primeira grande chance. Júnior Urso percebeu o cochilo da zaga adversária e lançou Love, que sozinho, invadiu a área pela direita, mas perdeu a passada e finalizou para fora, à esquerda do gol.

Na tacada da joia!
Se o Corinthians tem recebido críticas ao longo do ano pela falta de criatividade em campo, Pedrinho foi na contramão. Em um lindo passe, quase de ficção, o camisa 18 rasgou toda a defesa uruguaia e achou Love. Não menos inteligente, o centroavante enxergou Clayson livre, no meio da área que dominou com tranquilidade e colocou no cantinho, fechando com um final feliz para o Alvinegro o primeiro capítulo em Itaquera.

Só Love!
O centroavante não marcou, mas foi imprescindível para a vitória alvinegra. Além da assistência para Clayson, Love deu três passes para finalizações, acertou os três dribles que tentou, e ficou muito perto de marcar em pelo menos duas oportunidades.

A sinfonia de Pedrinho!
O time uruguaio ainda assustou em um chute de longe de Lucas Lopes, que Cássio espalmou. Mas quem marcou, de novo, foi o Corinthians. Vital aproveitou a bola sobrada, tocou para Jadson, que ajeitou para Pedrinho. O jovem bateu forte, de fora da área, e estufou a bochecha da rede direita de Arruabarrena. O Timão constrói importante vantagem no confronto.

    Veja Também

      Mostrar mais