Lance

Lance


Holanda comemorando
Reprodução/ Twitter
Holanda venceu a Inglaterra por 3 a 1 e está na final da Liga das Nações da Uefa

A Holanda garantiu vaga na final da Liga das Nações, nesta quinta-feira, ao vencer a Inglaterra, por 3 a 1. Rashford, de pênalti, após vacilo de De Ligt, abriu o placar, mas o próprio zagueiro holandês empatou, de cabeça. 

Leia também: Sempre ele! CR7 faz três e Portugal é finalista da Liga das Nações da Uefa

A partida foi para a prorrogação e os holandeses marcaram mais dois gols, com Walker (contra) e Depay. Ambos contaram com erros individuais da zaga da Inglaterra. Com a vitória, a Holanda vai enfrentar Portugal, neste domingo, às 15h45, para decidir o campeão.

Faltou algo mais

A Inglaterra tinha dificuldade na saída de bola e começou o primeiro tempo sem criar muitas chances. A Holanda era um pouco mais agressiva ofensivamente. Ambas as equipes, porém, erraram muitos passes, apesar da qualidade técnica de seus jogadores.

Vacilo e gol

Considerado um dos melhores zagueiros da atualidade, o jovem Matthijs De Ligt bobeou na zaga e perdeu a posse. Ao tentar recuperar, derrubou Rashford na área e o juiz apontou o pênalti. O próprio atacante foi para a cobrança e abriu o placar para a Inglaterra.

Empate e rdenção

No segundo tempo, a Holanda voltou mais atenta e passou a pressionar os ingleses em busca do empate. Depay levava perigo, mas quem marcou foi justamente De Ligt. O zagueiro aproveitou o escanteio e subiu mais algo que a zaga da Inglaterra para empatar a partida e se redimir do erro da primeira etapa.

VAR decisivo

​A Inglaterra se manteve sólida na defesa e aproveitando os contra-ataques, enquanto a Holanda preenchia melhor os espaços e se aproximava mais do gol. A equipe de Gary Neville, porém, foi cirúrgica e Lingard marcou, próximo do fim. O VAR entrou em ação e anulou, apontando o impedimento. Na sequência, outra revisão decidiu que não foi pênalti para a Holanda

Leia também: Polícia, garotas de programa... atletas da seleção fazem festa após vitória 

Erros e mais erros

Apesar das oportunidades no fim do segundo tempo, a partida permaneceu empatada. Já na prorrogação, Stones recebeu na zaga e fez uma lambança. O zagueiro se enrolou e a bola sobrou para Depay, que chutou de primeira. No rebote, Walker tentou afastar a bola de Promes e fez contra. Depois, Barkley também vacilou e Depay completou para o gol para garantir a classificação.


    Veja Também

      Mostrar mais