Tamanho do texto

Brasileira completou os primeiros 600 metros de disputa em 23º lugar e nunca esteve além da 16ª posição

Estadão Conteúdo

A sueca Jenny Rissveds conquistou neste sábado a medalha de ouro do cross-country do ciclismo mountain bike nos Jogos Olímpicos do Rio. Representante do Brasil no evento, Raiza Goulão terminou a disputa na 20ª colocação.

Raiza Goulão ficou em 20º no mountain bike
Divulgação
Raiza Goulão ficou em 20º no mountain bike

Rissveds concluiu as seis voltas do percurso em 1h30min15, superando a polonesa Maja Wloszczowska em 37 segundos, após uma intensa disputa na fase final da prova. Assim, a polonesa repetiu o resultado alcançado em 2008, nos Jogos de Pequim. Já a canadense Catharine Pendrel superou a compatriota Emily Batty para garantir o bronze no Rio-2016.

A sueca, de 22 anos, vive grande momento na carreira, tanto que em julho foi campeã mundial sub-23. E neste sábado conseguiu o maior feito da sua ainda precoce carreira ao vencer o duelo com Wloszczowska, que não conseguiu ameaçar a sua liderança na última volta. Campeã mundial neste ano, a dinamarquesa Annika Langvad decepcionou e terminou a disputa nos Jogos do Rio apenas em 11º lugar.

Já Raiza Goulão teve desempenho discreto e consistente. A brasileira completou os primeiros 600 metros de disputa em 23º lugar e nunca esteve além da 16ª posição. Ao fim da disputa, ficou na 20ª colocação, com o tempo de 1min39s21.

A disputa do mountain bike nos Jogos do Rio prossegue neste domingo, com a disputa da prova masculina. O Brasil será representado por Henrique Avancini e Rubens Donizeti.