Tamanho do texto

A favorita ao ouro, a também chinesa Yajie Si, ficou com a prata. Qian Ren, de apenas 15 anos, é campeã olímpica na plataforma de 10 metros

Estadão Conteúdo

A chinesa Qian Ren, de apenas 15 anos, surpreendeu nesta quinta-feira sua compatriota Yajie Si e conquistou a medalha de ouro na plataforma de 10 metros individual, no Centro Aquático Maria Lenk, na Olimpíada do Rio de Janeiro. A medalha de bronze ficou com a canadense Meaghan Benfeito.

Qian Ren surpreendeu porque Yajie Si, embora tenha apenas 17 anos, é mais experiente e era a favorita ao título olímpico. Dona de dois títulos mundiais, apesar da pouca idade, Yajie foi a melhor nas eliminatórias e também na semifinal, disputada na manhã desta quinta.

A chinesa Qian Ren levou o ouro, ela tem apenas 15 anos
Reprodução/Olympics
A chinesa Qian Ren levou o ouro, ela tem apenas 15 anos

A jovem campeã olímpica levou a melhor sobre Yajie ao acumular 439,25 pontos, contra 419,40 da segunda colocada. Qian Ren despontou na frente em seu terceiro salto (de um total de cinco), ao obter 94,05 pontos, a nota mais alta da final. Meaghan Benfeito, que também levara o bronze na plataforma sincronizada no Rio, terminou a prova desta quinta com 389,20 pontos.

Não é a primeira vez que Qian Ren surpreende numa competição de alto nível. No Mundial do ano passado, em Kazan, ela faturou a medalha de prata na mesma plataforma de 10 metros. Na ocasião, tinha apenas 14 anos. Curiosamente, Yajie Si também se destacou em competições internacionais aos 14, ao se sagrar campeã mundial em 2013, nesta mesma prova.

O Brasil contou com apenas uma representante na disputa. Ingrid Oliveira foi eliminada na etapa classificatória, na quarta-feira. Ele ficou em 22º lugar entre 28 competidoras.

Com mais esta conquista da China, o país asiático acumulou seu sexto ouro em oito finais disputadas nos saltos ornamentais nos Jogos do Rio-2016 até agora. No feminino, as chinesas simplesmente conquistaram todas as medalhas de ouro em disputa. A modalidade será encerrada somente no sábado, penúltimo dia de competições da Olimpíada.