Tamanho do texto

Brasileiros foram derrotados por 45 a 25 e se despediram dos Jogos Olímpicos nas oitavas de final

Estadão Conteúdo

A esgrima do Brasil sofreu mais uma derrota na Olimpíada do Rio neste domingo. Na disputa por equipes masculinas da espada, o trio formado por Athos Schwantes, Guilherme Melaragno e Nicolas Ferreira foi facilmente batido pela Venezuela e acabou eliminado nas oitavas de final dos Jogos.

Rio 2016: Acompanhe os Jogos Olímpicos em tempo real

Esgrima brasileira em ação no Rio 2016
Twitter/Reprodução
Esgrima brasileira em ação no Rio 2016

Nem mesmo o apoio da torcida na Arena Carioca 2 fez o Brasil sequer equilibrar a disputa com a Venezuela. Nesta modalidade, três esgrimistas de cada país se enfrentam em duelos alternados, totalizando nove combates. Vence quem somar mais pontos no total.

E neste domingo, a Venezuela mal teve trabalho para fazer 45 a 25 sobre os brasileiros. O time da casa só conseguiu impor alguma dificuldade aos adversários nos dois primeiros duelos, ao fim dos quais o placar apontava um empate por 2 a 2.

Fique por dentro:  Quadro de medalhas do Rio 2016

Só que daí para frente, a Venezuela tomou conta da disputa. Ao fim do sétimo combate, já vencia por 10 pontos. Diante da impossibilidade de reverter a vantagem, o time brasileiro relaxou, e aí os venezuelanos aproveitaram para disparar.

Com o resultado, chegou ao fim a participação da esgrima brasileira na Olimpíada do Rio, sem nenhuma medalha, mas com as idas de Guilherme Toldo, no florete, e Nathalie Moellhausen, na espada, às quartas de final como destaques. Já a Venezuela se classificou às quartas de final, na qual terá pela frente a França.