Tamanho do texto

Baiano assegura classificação para o Brasil na C1-200m na Rio 2016. Ainda não está decidido se ele vai competir nessa prova na Olimpíada, e vaga pode ficar com Nivalter Santos

Isaquias Queiroz conquistou vaga para o Brasil na C1-200m
Divulgação/COB
Isaquias Queiroz conquistou vaga para o Brasil na C1-200m

Isaquias Queiroz deu continuidade a sua excelente fase, conquistando uma medalha de bronze numa prova que nem é a sua especialidade neste sábado (22) no Mundial de Canoagem de Milão. O baiano de 21 anos subiu ao pódio no C-1 200m. É a quinta medalha de Isaquias em Mundiais.

O brasileiro ficou atrás do bielorusso Artsem Koryr e do chinês Qiang Li, respectivamente. No Pan de Toronto, no mês passado, ele havia conquistado o ouro nessa prova. Com o resultado, Isaquias assegurou uma vaga para o Brasil na Olimpíada. Ainda não está certo que ele vá competir nessa prova, pois pode abrir mão dela para evitar desgaste. Nesse caso, Nivalter Santos preencheria a vaga.

A maior esperança de medalha olímpica de Isaquias reside no C-1 1.000m. Nessa prova, o baiano conquistou bronze no Mundial de Duisbrugo, na Alemanha, em 2013. No ano passado, Isaquias liderava até os metros finais, quando sua canoa virou. 

Em Milão, Isaquias decidiu não participar dessa prova para tentar uma vaga olímpica para o Brasil na C-2 1.000m. Com Erlon Silva, ele passou para a final na segunda colocação, com o tempo de 3min33s883, alcançando o objetivo da classificação olímpica.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.