Tamanho do texto

Três dos dez jogos da rodada aconteceram em estádios que sediaram o Mundial. Melhor público foi em Cuiabá, que recebeu Vasco x Santa Cruz: 7.190 pessoas, 17% da capacidade total

Arena Pernambuco recebeu pouco mais de 6 mil pessoas para Náutico x Sampaio Corrêa
Aldo Carneiro Costa/Gazeta Press
Arena Pernambuco recebeu pouco mais de 6 mil pessoas para Náutico x Sampaio Corrêa

A Série B do Campeonato Brasileiro voltou a ser disputada nesta terça-feira, e o que era esperado aconteceu: estádios da Copa do Mundo com grande parte das cadeiras vazias. Dos dez confrontos realizados na rodada, três aconteceram nas famosas arenas construídas para o Mundial.

De acordo com o boletim financeiro divulgado no site oficial da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a partida entre Náutico e Sampaio Corrêa , realizada na Arena Pernambuco, teve apenas 6.464 presentes. O número é extremamente baixo se comparado à média do estádio durante a Copa do Mundo: 41.167 pessoas, em um total de 42.610 lugares disponíveis segundo a Fifa. A ocupação no local durante o Mundial foi de 96,6%, contra apenas 15,1% na noite de terça-feira. Para o jogo da Série B, 23 mil ingressos foram colocados à venda, e mesmo assim o nível de ocupação não ficou alto: 28,1%.

Até a tarde desta quarta-feira, a CBF não divulgou os boletins do confronto América-RN 4 x 2 Bragantino , na Arena das Dunas, e de Vasco 4 x 1 Santa Cruz , na Arena Pantanal. Extraoficialmente, entretanto, o público em ambos os estádios não foi muito diferente da Arena Pernambuco.

Em Natal, 4.974 pessoas pagaram para assistir à vitória do América-RN diante do Bragantino. O número corresponde a 16,5% da capacidade do estádio, sem contar os 10 mil lugares provisórios montados para a Copa do Mundo. Durante o Mundial, 98,9% das cadeiras da Arena foram tomadas pela torcida nos cinco jogos. Já em Cuiabá, 7.190 torcedores acompanharam a vitória do Vasco diante do Santa Cruz. O número (17% da capacidade) indica que o apelo dos dirigentes em levar clubes grandes para os possíveis "elefantes brancos" não será suficiente para manter o alto público nas Arenas.

Na Arena Pernambuco, o ingresso custou R$ 25,00, enquanto na Arena Pantanal o valor mais barato era de R$ 60,00, mesmo preço do setor 4 - o mais em conta - durante a Copa. Já em Natal, na Arena das Dunas, o ingresso custou R$ 20,00 (meia-entrada a R$ 10,00) até o domingo (13).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.