Tamanho do texto

Parte tática, em compensação, não deve trazer dores de cabeça, acredita o técnico Muricy Ramalho

Kaká comemora gol pelo Milan
Alessandro Garofalo/Reuters
Kaká comemora gol pelo Milan

Após ser contratado pelo Orlando City e fechar empréstimo com o São Paulo , Kaká deve chegar ao clube brasileiro na próxima semana. A única preocupação do time com o novo reforço é o condicionamento físico do jogador, que estava há alguns dias sem treinar. Por outro lado, o técnico Muricy Ramalho tem certeza que a parte tática do atleta não trará dores de cabeça.

Leia mais sobre o São Paulo no iG Esporte

"Primeiramente, a gente tem que esperar ele se apresentar para poder fazer os testes necessários da parte física, que é o que mais preocupa. Ele ficou muitos dias sem treinar. É isso que nos incomoda, porque a parte tática é mais fácil de trabalhar. Em relação ao time a gente vai procurar o melhor lugar possível para ele", analisou o comandante são-paulino.

O experiente craque chegará para concorrer à vaga no meio-campo da equipe. Muitos jogadores já aprovaram o retorno de Kaká e de acordo com Muricy o meio-campo entrará no lugar de jogadores considerados titulares se for preciso.

"Se provocar algum tipo de problema eu tiro. Aqui é um time profissional e se o jogador assina o contrato, não pode pensar que já é titular. Não dá pra jogar trinta aqui, nós somos um time. Essa mentalidade está acabando aqui no Brasil. Para ganhar Campeonato Brasileiro é preciso ter um plantel profissional. O comandante aqui sou eu e joga o que tiver melhor, não tenho outra filosofia de trabalho, apenas essa", destacou o técnico.

Leia mais: Ainda sem Luis Fabiano, São Paulo volta à Barra Funda após um mês

O clube, quarto colocado no Brasileirão, volta aos gramados pela competição no dia 16 de julho, quarta-feira, à 22h (horário de Brasília), contra o Bahia, na Arena Fonte Nova. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas