Tamanho do texto

Além do retorno do atacante, clube acertou a contratação do zagueiro Gabriel e o volante Eliseu para a temporada

Rossi retornou ao clube após ser emprestado pelo Mogi Mirim
PontePress/Guilherme Dorigatti
Rossi retornou ao clube após ser emprestado pelo Mogi Mirim

Uma das revelações da Ponte Preta em 2012, o atacante Rossi não conseguiu espaço no elenco alvinegro no último ano e acertou empréstimo com o Mogi Mirim. Agora, de volta ao clube, o jogador diz estar mais preparado e promete dar tudo de si para ajudar o time a ter melhores resultados nesta temporada.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

"Disposição não vai faltar, nem vontade. A torcida da Ponte sempre gosta de jogadores assim e, de mim e dos meus companheiros, isso vai faltar", promete, afirmando que ganhou experiência ao jogar a terceira divisão nacional. "Estou me sentindo mais tranquilo, com um pouco mais de bagagem por ter jogado a Série C pelo Mogi Mirim, que é um campeonato difícil. Espero poder somar aqui, poder ajudar o professor Sidney e dar alegrias à torcida da Ponte. Quem sabe dessa vez a equipe consiga o título Paulista", planeja Rossi em entrevista ao site oficial do clube.

O atacante reclama do período no qual não foi aproveitado na Ponte Preta, mas acredita que o trabalho duro nos treinamentos pode render uma vaga na equipe titular e, assim, teria mais chances de mostrar seu futebol. "Espero ter mais oportunidades. Das outras vezes tive menos chances, principalmente com o Guto Ferreira. Espero poder treinar bem, para quando a oportunidade chegar estar preparado para ela", afirma o jogador.

Neste ano, a Ponte optou por apostar na juventude para fazer boa campanha no torneio estadual e buscar o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro. Recheado de jovens atletas, principalmente no setor ofensivo, o time conta com alguns jogadores experientes que devem conduzir os mais novos. Rossi acredita que a mistura pode render bons frutos.

"O grupo é novo, o treinador é novo, mas tem jogadores experientes que vão nos ajudar muito. O Roberto, o Adrianinho, o Tchô, o Éverton Santos... São atletas que passam tranquilidade e nós, que somos garotos, entramos com disposição. Junto com a experiência dos outros atletas, conseguiremos fazer um bom campeonato", acredita o atacante.

A Ponte Preta estreia nesta temporada contra o Ituano, às 19h30 deste domingo. O duelo será realizado no Moisés Lucarelli e vale pela primeira rodada do Campeonato Paulista.

Clube fecha com mais dois reforços

a Ponte Preta anunciou em seu site oficial que finalizou as negociações com mais dois reforços para esta temporada. O zagueiro Gabriel, que estava no Icasa-CE, e o volante Elizeu, ex-Vitória, já estavam treinando com o grupo, mas os tramites burocráticos só se encerraram nesta manhã.

O zagueiro Gabriel Francisco Macedo Neto nasceu em Ituaçu-GO, em 1989. O jogador de 24 anos começou a carreira no time da cidade e ainda teve passagens por Novo Horizonte, Trindade e Nerópolis, de Goiás; União Rondonópolis-MT, Goianésia-GO, Vila Nova-GO, Veranópolis-RS, Boa Esporte-MG e Penapolense-SP, além do seu último clube, o Icasa-CE.

No time cearense, Gabriel atuou em seis partidas da segunda divisão nacional do ano passado, tendo jogado 368 minutos. O zagueiro recebeu três cartões amarelos na competição, tendo média de um cartão a cada 122 minutos em campo.

Já o volante Elizeu Araújo de Melo Batista, também de 1989, é natural de Recife e foi revelado pelo Sport, em 2008. Com passagens por clubes tradicionais do futebol brasileiro, o atleta defendeu as cores de Internacional, Mirassol-SP, Botafogo, Palmeiras e Vitória e tem experiência internacional por ter atuado no Nacional e no Estoril, de Portugal.

O jogador voltou da Europa em julho do último ano, quando acertou com o Vitória, mas acabou não sendo aproveitado pelos técnicos Caio Júnior e Ney Franco no segundo semestre.