Tamanho do texto

Após derrota para os EUA na estreia da Copa do Mundo, seleção se recuperou com vitória sobre o Quênia

selo

O técnico José Roberto Guimarães optou por poupar a maioria das titulares da seleção brasileira de vôlei no jogo deste sábado, contra o Quênia, pela segunda rodada da Copa do Mundo de Vôlei, disputada no Japão. Mesmo com as reservas, o Brasil venceu fácil, por 3 a 0 , recuperando-se da derrota sofrida para os Estados Unidos , um dia antes. A atuação segura contra as campeãs africanas arrancou elogios do treinador.

"Nossa concentração foi boa. Tivemos poucos erros e isso é importante. Nossa relação entre o bloqueio e a defesa funcionou e fomos melhores nos contra-ataques", disse Zé Roberto, repetindo o discurso adotado durante todo o Campeonato Sul-Americano, quando o Brasil também enfrentou adversários muito mais fracos.

Maior pontuadora da partida, com 15 pontos (12 de ataque, dois de bloqueio e um de saque), Tandara também gostou do desempenho da seleção. "O jogo de hoje (sábado) foi diferente da nossa estreia contra os Estados Unidos. O Zé (Roberto) pôde colocar todo mundo para jogar e quem veio do banco fez a sua parte. A Copa do Mundo é um campeonato longo e vamos precisar de todas as jogadoras", lembrou a oposto.

O terceiro dos 11 jogos em um período de apenas 15 dias será já neste domingo, às 4h (horário de Brasília), contra a Alemanha, que lidera a competição com duas vitórias (sobre Coreia e Quênia). Zé Roberto pede atenção contra o próximo adversário. "As alemãs melhoraram com a volta da Grun. Tecnicamente será uma partida muito difícil. Ambos os times se conhecem bem e teremos que sacar com eficiência para ajudar nosso bloqueio", analisou.

A central Adenizia também já quer esquecer as duas primeiras partidas e pensar apenas na Alemanha. "Esse jogo foi bom para nossa recuperação no campeonato. Temos que pensar nos próximos adversários e na busca da vaga olímpica", comentou. Os três primeiros classificados, após um turno em que os 12 times jogam entre si, se classificam para os Jogos Olímpicos de Londres.