Tamanho do texto

Treinador cortou Adenízia; Jaqueline foi confirmada no grupo, que estreia no dia 28 contra o Paraguai

selo

O técnico José Roberto Guimarães definiu as 14 jogadoras brasileiras que vão participar do Campeonato Sul-Americano, no Peru, entre os dias 28 de setembro e 2 de outubro. O treinador, que treinava um grupo de 15 atletas em Saquarema, optou pelo corte da central Adenízia. Jaqueline, que não jogou o Grand Prix, foi confirmada no elenco.

O Sul-Americano será disputado por oito equipes, divididas em duas chaves na primeira fase. O Brasil está no Grupo A, ao lado de Argentina, Chile e Paraguai. Os dois primeiros avançam às semifinais, quando cruzam com os times do Grupo B. O campeão da competição se classifica para a Copa do Mundo, torneio que será realizado em novembro, no Japão, e dará três vagas aos Jogos Olímpicos.

Ainda que fique com o segundo lugar no Sul-Americano, o Brasil mesmo assim disputará a Copa do Mundo, já que atenderá ao critério de estar entre os quatro melhores segundos lugares nas disputas continentais pelo ranking da Federação Internacional de Vôlei.

O grupo brasileiro, que tem as levantadoras Dani Lins e Fabíola, as opostos Sheilla e Tandara, as centrais Fabiana, Thaísa e Juciely, as ponteiras Mari, Paula, Jaqueline, Sassá, Fernanda Garay e Natália, além da líbero Fabi, viaja no domingo para o Peru. A estreia do Brasil será no dia 28, contra o Paraguai. Nos dias seguintes, os adversários são Chile e Argentina.

O técnico Zé Roberto aponta os principais adversários do Brasil pelo título: "O Peru vai jogar em casa e sempre complica. A Argentina evoluiu muito no último ano. Prova disso foi a atuação no Grand Prix. Além disso, também temos que ficar atentos à Colômbia. É uma equipe dirigida por um brasileiro e que conta com jogadoras que atuam no voleibol italiano", comentou o treinador.