Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Vôlei Futuro e Cruzeiro podem carimbar vaga na semi da Superliga

Times venceram os primeiros jogos das quartas de final e voltam para quadra nesta noite contra Cimed e Pinheiros, respectivamente

Aretha Martins, iG São Paulo |

Divulgação
Lucão e Leandro Vissotto foram dois destaques do Vôlei Futuro no primeiro jogo das quartas
O Sesi-SP venceu o Medley/Campinas por 3 sets a 0 e garantiu o primeiro lugar na semifinal da Superliga 2010/2011. Depois, Vivo/Minas bateu o BMG/Montes Claro0s em um clássico suado e também avançou. E na noite desta sexta podemos conhecer o outro confronto das semifinais do torneio nacional.

A vantagem é de Vôlei Futuro e Sada/Cruzeiro, que venceram as primeiras partidas e estão a uma vitória de fecharem a série das quartas de finais. O time de Araçatuba joga em casa contra a Cimed, atual campeã nacional, às 18h30 e terá casa cheia, já que todos os ingressos foram vendidos.

"Estamos tranquilos. Sabemos que em casa a torcida nos dará uma força a mais. Passamos por muitas dificuldades nesta Superliga e isso fortaleceu o time. Vamos fazer um jogo de igual para a igual com a Cimed e lutar até o fim", afirma o oposto Leandro Vissotto. No primeiro jogo, o Vôlei Futuro venceu por 3 sets a 1.

"Como eles ganharam em Florianópolis, temos todas as condições de ganhar na casa deles também. O fator casa é importante, mas sabemos que não é definitivo. No turno, já ganhamos deles aqui em Araçatuba", responde Pacheco, técnico da Cimed. "Não temos alternativa. A Cimed veio até Araçatuba para vencer", completa.

Divulgação
Sada/Cruzeiro pode fechar a série das quartas fora de casa
No outro duelo, Sada/Cruzeiro joga com o bom retrospecto. Até o momento, foram três confrontos e três vitórias sobre o Pinheiros/Sky. Mais um resultado positivo nesta noite, às 21h em São Paulo, coloca o time na semifinal.

"Será muito mais difícil do que foi o primeiro jogo. Vamos jogar na casa deles e, com certeza, eles irão estudar ainda mais o nosso time", afirma o levantador William, que elogia do rival. "A maior força da equipe é a individualidade dos jogadores. É um time formado por grande jogadores, como o Giba e o Gustavo, que são campeões olímpicos, além do Léo e do Tuba. Mas também temos que ter atenção no momento do adversário. Eles virão para o tudo ou nada".

O Pinheiros usa o retrospecto de derrotas nesta Superliga como exemplo. "Nós temos condições de vencer, mas precisamos jogar melhor do que nos três jogos anteriores que os enfrentamos. Estamos focados para esta partida. É o jogo das nossas vidas. Se tivermos que sair quebrados de quadra para conseguir esta vaga, nós vamos sair", afirma o campeão olímpico e mundial Gustavo.

Em caso de vitórias de Cimed e Pinheiros, a série das quartas de final ficará empatada os duelos que definem os semifinalistas serão no domingo. As semifinais começam na próxima semana e, mais uma vez, será decidida em uma série melhor de três jogos.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG