Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Vôlei Futuro derrota Medley de novo e vai à semi da Superliga

Equipe de Araçatuba vai enfrentar o estreante RJX na semifinal. Time carioca eliminou o atual campeão Sesi

iG São Paulo |

Divulgação
Lorena foi eleito o melhor em quadra e também foi maior pontuador do jogo, com 21 acertos
O Vôlei Futuro garantiu a sua vaga na semifinal da temporada 2011/12 da Superliga masculina. Jogando diante do Medley/Campinas na casa do adversário, a equipe de Araçatuba venceu os anfitriões por 3 a 1, com parciais de 25/22, 25/16, 17/25 e 25/23, em pouco mais de duas horas de partida. Depois de ter faturado o primeiro jogo por 3 a 0, o Vôlei Futuro fechou a série de quartas de final e avançou. Time vai enfrentar o RJX na semifinal do torneio nacional.

Leia também: Estreante RJX fecha série diante do Sesi em 2 a 0

O triunfo foi conquistado apoiado nas grandes atuações do oposto Lorena e do levantador Ricardinho, os canhotos do sexteto titular. O atacante, por sinal, mostrou que está em grande forma nessa reta final de competição e foi eleito o melhor em quadra.

Deixe seu recado e comente com outros torcedores

"Nosso time se comportou bem em quadra, sacamos bem. As mudanças que eles fizeram dificultaram a nossa marcação. Mas esperávamos um jogo equilibrado como foi este mesmo. Estávamos bem preparados psicologicamente. O time teve momentos de tensão, mas isso faz parte do clima dos play-offs", afirmou Ricardinho.

Mais Superliga: São Bernardo e Minas levam série das quartas para terceiro jogo

Lorena também ressaltou o saque do Vôlei Futuro. "Nosso time jogou bem e sacou de forma eficiente. Conseguimos passar para a semifinal. Esse era o nosso objetivo. Agora, temos uma semana para descansar e começar a preparação para enfrentar o RJX", disse o oposto, que também foi o maior pontuador do duelo, com 21 acertos.

Superliga feminina: Sollys/Nestlé sai na frente do Usiminas/Minas na semifinal

Do outro lado, o Medley/Campinas sofreu na recepção e aposta que, com esse serviço, a equipe de Araçatuba ainda vai longe. "Com esse saque forçado e sem errar, o Vôlei Futuro vai longe e vai ser campeão dessa Superliga. Com essa eficiência no saque é complicado segurar a equipe deles só no passe", analisou o ponteiro Lukianetz, que também ressaltou o apoio da torcida em casa, apesar da derrota. "Com essa torcida apoiando desse jeito, nosso papel é demonstrar muita garra em quadra", disse.

O jogo

Na primeira parcial, o marcador ficou equilibrado durante boa parte. mas no final os araçatubanos conseguiram abrir vantagem. O próprio Lorena acabou sendo o nome principal com nove pontos só no set, apoiado pelo cubano Camejo na hora de decidir.

Na segunda, o panorama foi diferente. Com tranquilidade, os visitantes não tomaram conhecimento e chegaram a abrir dez pontos de vantagem, administrando o placar até fechar com 25 a 16.

No terceiro e mais complicado, Campinas voltou motivado a não deixar acabar e liderou boa parte, até abrir 20 a 16. Mesmo com duas bolas de segunda consecutivas de Ricardinho, o VF não embalou e acabou perdendo por 25 a 17.

O quarto set começou novamente com os campineiros fazendo pequena vantagem, que chegou a dois pontos. O Vôlei Futuro, no entanto, reagiu e passou a comandar o placar. Ambos chegaram com 21 a 20 na parte final, mas os araçatubanos tiveram mais calma para fechar em 25 a 23.

*com Gazeta Esportiva

Leia tudo sobre: vôlei futurosuperligaMedley/Campinas

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG