Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Vivo/Minas vence Cimed/Sky de virada e vai para semi da Superliga

Depois de perder os dois primeiros sets, time visitante se recuperou e fechou a partida em 3 sets a 2

Aretha Martins, iG São Paulo |

Cimed/Sky x Vivo/Minas nas quartas de final da Superliga masculina 2011/2012 é sinônimo de tie-break. Depois de um 3 sets a 2 para os catarinenses no primeiro jogo e o mesmo placar para os mineiros no segundo, o time de Belo Horizonte fez mais uma vez uma virada no tie-break e ficou com a vaga na semifinal, com parciais de 20/25, 23/25, 25/19, 25/19 e 15/13 em Florianópolis.

Deixe seu recado e comente com outros torcedores

O levantador Marcelinho foi eleito o melhor jogador em quadra. já o oposto tchedo Filip, também da equipe mineira, foi o maior pontuador, com 24 bolas no chão.

Blog Mundo do Vôlei: Com muitas pancadas e 23 saques errados do Cimed, Vivo/Minas vai à semifinal

Agora, o Vivo/Minas espera o resultado de Sada Cruzeiro x BMG/são Bernardo para conhecer o rival na luta  por uma vaga na decisão do torneio nacional. A partida será neste sábado, ao meio-dia, em Contagem (MG). A série também está empatada. Até agora foi uma vitória por 3 sets a 0 para o líder da fase classificatória e o troco dos paulistas e oitavo colocado na tabela, com 3 sets 1 no segundo jogo.

A outra semifinal está definida. O RJX, que eliminou o atual campeão Sesi, vai enfrentar o Vôlei Futuro, que passou pelo Medley/Campinas.

O jog o

Assim como nos outros jogos da série, a partida desta noite começou equilibrada. Quem conseguiu se distanciar no placar foi o Cimed/Sky que, depois de três bloqueios, fez 13 a 9. Com saque muito forçado, o time da casa chegou a abrir nove pontos na frente, com 21 a 12. Mas o Vivo/Minas não entregou o jogo e emplacou quatro pontos seguidos. Os mineiros ainda salvaram dois set points, mas a equipe de Florianópolis fechou com Éder pelo meio em 25 a 20.

No segundo set, o Vivo/Minas largou com 4 a 1 e sustentou a vantagem até o 10ª ponto. Com ataque errado do ponteiro Manius, o Cimed/Sky empatou em 12 a 12, mas o Minas recuperou a vantagem e chegou ao tempo com 16 a 13. Aí foi a vez do time catarinense dominar e, com ace de Bruninho e erro do oposto Filip impôs 18 a 16. Mas nada estava definido ainda e os donos da casa empataram de novo. Com Rivaldo no saque forçado e Éder no meio, o Cimed/Sky recuperou a ponta nos 23 a 22 e, na sequência, o central marcou no bloqueio o 25 a 23.

Mais uma vez o Vivo/Minas começou na frente, com 8 a 6 na primeira parada técnica. A vantagem aumentou para 14 a 9 com dois ataques que não deram certo de Renato - um parou no bloqueio e o outro foi para fora - e um bloqueio em Éder. Os anfitriões ainda fizeram 18 a 12 no erro de ataque de Rivaldo. Sem muitas dificuldades, os mineiros venceram o set em 25 a 19.

O quarto set teve o mesmo começo do terceiro, com 8 a 6 para o Vivo/Minas no primeiro tempo. Com Manius no saque, a equipe de Belo Horizonte abriu 13 a 8. A diferença chegou a 17 a 12, mas o Cimed/Sky reduziu para três pontos. Entretanto, os mineiros marcaram no set point no saque do levantador Marcelinho. Em seguida, fecharam a parcial em 25 a 19 com bloqueio de Lucarelli para cima de Kaio, que havia entrado ao longo do quarto set.

Depois de saques errados dos dois lados, Vivo/Minas conseguiu abrir dois pontos, no 8 a 6, com contra-ataque certeiro. No toque na rede de João Paulo, a vantagem foi para 9 a 6. Porém, depois de um bom saque de Gustavo, o oposto Rivaldo colocou no chão e deixou tudo igual em 9 a 9. O Vivo/Minas recuperou a liderança no 14 a 11, com ace  e outro ótimo saque do tcheco Filip. Já o Cimed/Sky devolveu com ace de Éder, salvando o primeiro match point, mas depois, no saque errado do central, deu o tie-break para o Minas, com 15 a 13 no marcador.

Leia tudo sobre: superligacimed/skyvivo/minas

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG