Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Unilever e Osasco confirmam favoritismo e mantêm briga pela ponta

Comandadas de Bernardinho não deram chances para o lanterna São Caetano. Jogando em Brusque, time paulista bateu equipe local

Gazeta |

O complemento da segunda rodada do returno da Superliga feminina teve fim sem nenhuma surpresa. Nesta quinta-feira, o líder Unilever/Rio de Janeiro e o segundo colocado Sollys/Osasco venceram, sem sobressaltos, seus duelos e mantiveram a briga pela ponta.

No Ginásio da Tijuca, as comandadas do técnico Bernardinho não deram chances para o lanterna São Caetano e fecharam o duelo em 3 sets a 0, parciais de 25/17, 25/19 e 25/22. A oposta selecionável Sheilla terminou como a maior pontuadora da noite, com 12 pontos.

Jogando em Brusque e, pela primeira vez, sem a atacante Jaqueline (que operou o joelho esquerdo e ficará fora por cerca de oito semanas), o time laranja ditou o ritmo e desbancou a equipe da casa por fáceis 3 sets a 0, parciais de 25/22, 25/16 e 25/17. Assim como na partida do Rio de Janeiro, uma titular da seleção brasileira brilhou. Natália cravou 15 bolas e foi o principal destaque do time do treinador Luizomar de Moura.

Assim como começou a rodada, a distância para as duas equipes permaneceu de uma vitória. As cariocas têm 12 triunfos, contra 11 das atuais campeões nacionais. No próximo sábado, ambos os times voltam à quadra. O Unilever recebe o BMG/São Bernardo, outro representante do ABC paulista, e o Osasco visita o Pauta/São José/SC.

Por fim, o Pinheiros/Mackenzie - campeão paulista em dezembro do ano passado - também não deu sopa para o azar e confirmou o favoritismo sobre o Pauta São José/EC. O duelo, realizado no Sul do país, terminou em 3 sets a 0, parciais de 25/16, 25/20 e 25/13.

Leia tudo sobre: UnileverOsascoSuperliga femininabrusques.caetano

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG