Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Unilever bate o Pinheiros no sufoco e assegura a liderança geral

Com 31 pontos de Sheilla, time carioca venceu as rivais paulistas no tie-break e garantiu a posição com uma rodada de antecipação

Aretha Martins, iG São Paulo |

Divulgação
Sheilla marcou 31 pontos e foi destaque do Unilever diante do Pinheiros/Mackenzie na Superliga
Unilever e Pinheiros fizeram o clássico da penúltima rodada da Superliga feminina 2010/2011. Na noite de quinta-feira, no ginásio Henrique Villaboim, em São Paulo, as donas da casa sairam na frente, mas levaram a virada das atuais vice-campeãs nacional. O Unilever fez 3 sets a 2 no placar, com parciais de 20/25, 25/20, 25/21 e 23/25 e 15/10 em 2h18 de partida e, com o resultado, assegurou o primeiro lugar na classificação geral.

O destaque da partida foi a oposta Sheilla, principal nome da equipe carioca nesta temporada. A jogadora colocou 31 bolas no chão e foi a maior pontuadora do jogo. Já a líbero Fabi foi escolhida a melhor atleta em quadra. Agora, o Unilever pode até perder para o Sollys/Osasco fora de casa na última rodada que não será mais alcançado pelas atuais campeãs nacionais.

Apesar da vitória, o jogo de quinta-feira não foi simples para as comandadas de Bernardinho. O Pinheiros começou melhor e, usando as falhas do bloqueio rival, abriu logo abriu 6 a 3 no placar. Depois, o jogo se equilibrou, mas as donas da casa voltaram a abrir na parte final do set e venceram a parcial em 25 a 20.

Distribuindo mais o jogo e acionando as centrais Valeskinha e Juciely, o Unilever se recuperou e chegou a ficar sete pontos à frente das anfitriãs. O Pinheiros ainda encostou em 18 a 15, mas o time de Bernardinho se segurou e devolveu o placar do primeiro set.

O Unilever conseguiu a virada na terceira parcial, quando o saque foi decisivo. Depois de ver o Pinheiros encostar graças a falhas em sua defesa, as cariocas recuperaram o domínio com Amanda, que entrou no serviço do 23 a 21 até marcar o 25º ponto.

Entretanto, a defesa carioca voltou a falhar na quarta parcial e as paulistas, dessa vez, aproveitaram. Quem teve boa passagem no saque, agora, foi a jovem central Carol, de 19 anos. Ela quebrou o passe do Unilever e ajudou o Pinheiros a se segurar na frente do placar e levar o jogo para o tie-break.

Na última parcial, o Pinheiros foi quem errou mais e, com um bloqueio para a cima de Ju Costa, viu o Unilever ficar com a vitória. No total, o Unilever fez 16 pontos no fundamento, enquanto as donas da casa marcaram apenas seis vezes na rede. O Pinheiros caiu para a quarta colocação geral, sendo ultrapassado pelo Vôlei Futuro, que venceu o São Caetano.

Apesar da vitória e da liderança garantida, os altos e baixos do time carioca foram citados pelas jogadoras após a partida. "O jogo que apresentamos diante do Pinheiros ainda não é o nosso jogo. Acho que fomos bem, apesar de termos errado muito, principalmente no primeiro set. Mas o adversário também errou", analisou Dani Lins. "Apesar de termos errado, fomos bem no quinto set e saímos com a vitória. Fomos melhor na hora em que importava", completou Sheilla.

Veja como ficou a classificação geral da Superliga feminina

Time Pontuação

1º - Unilever

40

2º - Sollys/Osasco

39

3º - Vôlei Futuro 

37

4º - Pinheiros/Mackenzie

36

5º - Usiminas/Minas

35

6º - Macaé/Sports

35

7º - BMG/São Bernardo

29

8º - Banana Boat/Praia Clube

28

 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG