Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Tetra em Xangai, Harley quer título com o novo parceiro Thiago

Atleta já foi campeão na China com dois parceiros diferentes. Estreia será contra dupla alemã

Gazeta Esportiva |

Campeão das últimas quatro etapas realizadas do Circuito Mundial em Xangai, o brasiliense Harley estreia na madrugada desta quarta-feira (4) na China buscando o primeiro título ao lado do parceiro Thiago. Alison/Emanuel e Pedro Cunha/Pedro Solberg também representaram o Brasil na segunda etapa da temporada. Fábio Luiz e Billy foram eliminados no qualifying.

A trajetória de vitórias em Harley em Xangai começou em 2007, ao lado de Pedro Solberg. No ano seguinte, a dupla foi bicampeã nas areias da cidade chinesa. Em 2009, Harley venceu a competição com outro parceiro: Alison. O quarto e último título veio na reestreia da parceria com Pedro Solberg, na temporada passada.

"Sempre sinto uma energia muito boa quando jogo em Xangai e as boas lembranças de etapas passadas me motivam. Muitos atletas não gostam de vir à China, mas eu me sinto bem aqui e procuro entender os costumes deles, que são muito diferentes dos nossos", comenta Harley.

O brasileiro aposta também em uma coincidência para conquistar as medalhas de ouro ao lado de Thiago. Em 2007, ele ajudou Pedro a conquistar seu primeiro título na competição.

"Será uma honra ajudar o Thiago a ganhar seu primeiro título no Circuito Mundial. Ficarei duplamente feliz, por ele, e por vencer novamente na China. Estamos trabalhando muito e sabemos que em algum momento os resultados vão aparecer. Conquistar um título agora seria muito importante, pois nos daria tranquilidade esegurança", acrescenta.

Thiago e Harley estrearão na etapa chinesa contra os alemães Erdmann e Matysik. Na segunda rodada, a dupla jogará com Redmann/Saxton, do Canadá, ou Fuerbringer/Lucena, dos Estados Unidos.

Alison e Emanuel estreiam contra britânicos - Cabeças-de-chave número dois da competição, Alison e Emanuel jogarão contra os desconhecidos britânicos Garcia e Grotowski. Na sequência, o duelo será contra Skarlund/Spinnangr, da Noruega, ou os irmãos Andy e Kevin Ces, da França.

"Não conhecemos a dupla britânica, que está evoluindo no ranking, mas eles certamente sabem como jogamos, então precisaremos ter muita atenção. Fizemos uma boa preparação e esperamos evoluir na sequência do Circuito Mundial", avalia Alison.

Terceira dupla brasileira garantida no torneio principal em Xangai, Pedro Cunha/Pedro Solberg busca a recuperação depois do inesperado 17º lugar obtido na etapa de Brasília (DF). Os xarás estrearão diante de Vesik/Jaani, da Estônia, e jogarão contra Herrera/Gavira, da Espanha, ou Heyer/Chevallier, da Suíça, no segundo jogo do dia.

"Não começamos o ano como esperávamos, mas conseguimos corrigir muitas coisas na última semana. Pedro e eu costumamos conseguir bons resultados em Xangai. Um dos atletas da Estônia, o Jaani, não tem muita rodagem no Circuito Mundial a vamos procurar aproveitar esta situação", comenta Pedro Cunha.

Fábio Luiz e Billy, que lutavam para ser a dupla brasileira no torneio principal, não passaram pelo qualifying em Xangai. A parceria iniciou a terça-feira (3) derrotando os irmãos Scheaf, da Grã-Bretanha, por 2 sets a 1 (19/21, 21/14 e 15/9), mas acabou derrotada em dois sets (18/21 e 13/21) pelos canadenses Binstock e Van Huizen.

Ângela e Lili jogam qualifying feminino - No feminino, as disputas começam para o Brasil na madrugada desta quarta. Ângela e Lili disputarão uma das vagas na fase principal. A dupla brasileira estreará contra a parceria vencedora da partida entre Jin/Miao, da China, ou Shun Thing/Teck Hua, da Malásia.

Juliana/Larissa, Talita/Maria Elisa e Maria Clara/Carolina estão garantidas no torneio principal e só jogarão a partir de quinta-feira (5).

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG