Seleção de Bernardinho tenta o décimo título na competição, mas precisa passar pela surpreendente rival

Giba comemora com Serginho a vitória do Brasil sobre os Estados Unidos
Divulgação/FIVB
Giba comemora com Serginho a vitória do Brasil sobre os Estados Unidos
A seleção brasileira enfrenta a Argentina, na Polônia, pela semifinal da Liga Mundial.

O primeiro set terminou em 25 x 22 para o Brasil. Os argentinos chegaram com um saque muito forte, o que dificultou o passe do Brasil, mas a seleção se recuperou nos pontos de bloqueio e com os excelentes ataques de Théo e conseguiu fechar o set inicial.

O segundo set terminou em 42 x 40 para o Brasil. Ainda errando muito alguns fundamentos como o saque, os brasileiros disputaram cada ponto contra a Argentina, que teve o jovem Conte como destaque. No lado do Brasil, Théo continuou como o maior pontuador, mas as devoluções de Giba e a tranquillidade de Murilo, além dos excelentes levantamentos de Bruninho, fizeram a diferença nesse set longo e tenso.

1o set: Brasil 25 x 22 Argentina
2o set: Brasil 42 x 40 Argentina

3o set: Brasil 25 x 23 Argentina

A partida está no terceiro set.

Acompanhe com o iG Esporte:

3o set: Brasil 25 x 23 Argentina Dessa vez é o bloqueio do Brasil que faz a diferença e Lucão consegue pontuar para o Brasil fechar o set e vencer o jogo.

3o set: Brasil 24 x 23 Argentina Bloqueio argentino chega bem novamente e os hermanos empatam. em seguida, Lucas sobe contra bloqueio duplo e manda cruzado para deixar o Brasil a um ponto da final.

3o set: Brasil 23 x 22 Argentina Murilo ataca no bloqueio e os argentinos conseguem alcançar. Bernardinho pede tempo novamente.

3o set: Brasil 22 x 20 Argentina De Secco saca e Giba consegue excelente devolução. Bruninho levanta na saída e Théo crava no chão para colocar o Brasil mais próximo da vitória. No saque, Sidão manda para fora.

3o set: Brasil 20 x 19 Argentina No saque, Murilo manda na rede e a Argentina começa a se aproximar. Com ponto do ataque de Conte, Bernardinho pede tempo.

3o set: Brasil 19 x 17 Argentina Murilo sobe e consegue seu primeiro ponto de bloqueio. No ataque argentino, porém, o bloqueio brasileiro falha e é ponto dos adversários.

3o set: Brasil 18 x 16 Argentina Sidão recebe bola rápida no meio e converte para empatar. Em seguida,Théo corta pela direita, a bola desvia em Conte e sai. O bloqueio triplo brasileiro sobe e consegue importante ponto. Weber pede tempo.

3o set: Brasil 15 x 15 Argentina Os últimos dois pontos da Argentina e o último ponto brasileiro foram de erros de saque.

3o set: Brasil 14 x 13 Argentina O técnico argentino, que já levou cartão, reclama muito com a arbitragem. Depois de excelente rally, a bola pega no dedo do bloqueio brasileiro e sai, mas a arbitragem erra e marca bola fora.

3o set: Brasil 12 x 11 Argentina Conte consegue importante ponto e a Argentina encosta, mas erra saque. Em seguida, na vira a bola bate no bloqueio brasileiro e sai.

3o set: Brasil 10 x 8 Argentina Bruninho distribui bem entre Théo, que pontua, e Giba, que manda em cima dos bloqueadores e também consegue o ponto.

3o set: Brasil 8 x 6 Argentina Pereyra tenta o ataque e manda para fora. Weber pede tempo para segurar o avanço dos brasileiros.

3o set: Brasil 6 x 5 Argentina Murilo sobe para bloquear, mas acaba invadindo a quadra adversária. No saque, os argentinos erram novamente e dão o ponto para o Brasil.

3o set: Brasil 4 x 2 Argentina Sole sobe no bloqueio e empata a partida, mas Conte erra o saque logo em seguida.

3o set: Brasil 2 x 1 Argentina Set começa disputado, com o Brasil já na vantagem por causa de cartão amarelo levado pelo técnico argentino, mas Giba força o corte para dar vantagem para os brasileiros.

3o set

2o set: Brasil 42 x 40 Argentina Théo sobe na saída e ataca. A bola bate no bloqueio, sai e o Brasil fecha o set.

2o set: Brasil 41 x 40 Argentina Pereyra sobe para bloquear, mas toca na rede e o Brasil tem o ponto do set.

2o set: Brasil 38 x 38 Argentina Bloqueio do Brasil falha de novo e a Argentina consegue vantagem. Théo corta pela direita e o árbitro aponta desvio de Conte.

2o set: Brasil 36 x 37 Argentina Ataque brasileiro vai dentro, mas Weber discute com o árbitro. Giba saca e o ataque argentino consegue empatar. Pereyra, na ofensiva, consegue dar vantagem para os argentinos.

2o set: Brasil 35 x 35 Argentina O jovem Conte erra saque. Pereyra aproveita o bloqueio e Giba acaba mandando para fora.

2o set: Brasil 33 x 33 Argentina Conte sobe pela esquerda e a bola para no bloqueio triplo brasileiro. Sidão recebe na saída e manda cruzada para colocar a vantagem no lado brasileiro. Os argentinos encaixam novo ataque e empatam novamente.

2o set: Brasil 30 x 31 Argentina Erro do bloqueio brasileiro e a Argentina empata. Théo recebe pela direita, manda cruzada e a bola vai para fora.

2o set: Brasil 30 x 29 Argentina Bruno faz excelente levantamento para Théo e o Brasil passa na frente. Conte consegue converter ataque e empata. O árbitro paralisa a partida e pede para os jogadores não se provocarem. Lucão, na ponta direita, manda bola rápida na paralela e coloca o Brasil na frente de novo.

2o set: Brasil 28 x 27 Argentina Conte força o saque e manda na rede. Levantameto na ponta argentina, o bloqueio não sobe e Pereyra manda para fora.

2o set: Brasil 26 x 26 Argentina Brasil erra e os argentinos têm o ponto do set. No saque, De Cecco manda na rede.

2o set: Brasil 25 x 25 Argentina Bloqueio brasileiro falha e a Argentina empata, mas a bola é lançada para Giba, que vira. Murilo, no saque, arrisca e manda na rede.

2o set: Brasil 24 x 23 Argentina Murilo recebe pela esquerda e aproveita buraco na defesa dos argentinos, mas os adversários conseguem empatar. Quiroga, no saque, manda para fora.

2o set: Brasil 22 x 21 Argentina Quiroga sobe para finalizar e Leandrão bloqueia, mas manda para fora. No retorno, Giba recebe na saída de rede e solta o braço para marcar.

2o set: Brasil 21 x 20 Argentina Levantamento na esquerda com Giba, que sobe junto com o bloqueio, mas manda por cima dos argentinos para dar a importante vantagem para os brasileiros.

2o set: Brasil 20 x 20 Argentina Bruno faz o levantamento no meio e Sidão encaixa excelente corte. No saque, Sidão também consegue forçar e dificulta o passe do adversário.

2o set: Brasil 15 x 18 Argentina Os brasileiros continuam errando saques e o bloqueio da Argentina começa a funcionar melhor.

2o set: Brasil 15 x 16 Argentina Brasil erra seu 12o saque na partida e os argentinos alcançam com muitos acertos. Conte sobe e explora o bloqueio para colocar os argentinos na frente.

2o set: Brasil 12 x 12 Argentina Giba consegue incrível recuperação, mas não é o suficiente para que o ataque brasileiro consiga aproveitar. No saque, Conte manda para fora. Serginho sente dores na coxa, mas continua em jogo.

2o set: Brasil 10 x 11 Argentina Os argentinos alcançam o Brasil, mas erram o passe e a seleção fica na frente novamente.

2o set: Brasil 8 x 7 Argentina Conte sobe contra bloqueio triplo brasileiro, manda na posição de infiltração e pontua. No próximo ponto, porém, os brasileiros conseguem tirar o saque do adversário e, em seguinda, Conte manda ataque para fora. Brasil vira o set e partida é paralisada.

2o set: Brasil 6 x 6 Argentina Novo rally na partida e, dessa vez com o ataque de Théo, o ponto vai para o Brasil. O ponto seguinte vai para os argentinos, mas Pereyra erra o saque. Lucão saca cruzado na ponta esquerda e consegue ace para empatar a partida.

2o set: Brasil 3 x 5 Argentina Théo saca e manda na linha, mas a arbitragem erra e dá o ponto para a Argentina.

2o set: Brasil 2 x 4 Argentina Argentinos sacam em cima de Giba, mas o capitão devolve bem e o Brasil pontua. No saque, Sidão manda para fora e erra seu terceiro saque na partida.

2o set: Brasil 1 x 2 Argentina Segundo ponto do set é bastante disputado, com os brasileiros salvando cada bola, mas a jogada final acabou com o jovem Conte, que atacou no chão. Em seguida, Giba ataca para descontar para o Brasil.

2o set: Brasil 0 x 1 Argentina Murilo ataca pela ponta e Conte, bem posicionado, bloqueia com a mão direita.

2o set

- 1o set: Brasil 25 x 22 Argentina Lucão sobe no bloqueio e segura o ataque argentino para garantir o primeiro set.

- 1o set: Brasil 24 x 22 Argentina Conte vai para o saque e Murilo não consegue pegar a bola, já quase no chão. No ponto seguinte, Conte saca e a defesa brasileira consegue o passe, Lucão ataca no chão. Em seguinda, bola levantada para Giba, que marca novamente.

- 1o set: Brasil 22 x 20 Argentina Ataque argentino toca na rede e Serginho, com o pé, consegue salvar. Murilo, de peixinho, levanta, mas a bola não passa. Bernardinho pede tempo na partida e a Argentina se aproxima.

- 1o set: Brasil 22 x 18 Argentina Sidão força bem o saque e Conte é obrigado a devolver de toque. O levantador Bruno consegue despistar o bloqueio e o Brasil pontua. No saque novamente, Sidão acerta na rede.

- 1o set: Brasil 20 x 17 Argentina Bruno levanta para o oposto Théo, que pontua na cruzada. O jogador tem excelente performance nesse set, e é um dos principais pontuadores da seleção.

- 1o set: Brasil 19 x 15 Argentina Conte sobe na rede e manda entre os dois bloqueadores brasileiros para marcar um belo ponto. O Brasil devolve o ataque, mas erra seu quinto saque no set. Murilo sobe sozinho junto com o ofensivo argentino e consegue ponto de bloqueio.

- 1o set: Brasil 15 x 13 Argentina Javier Weber percebe o avanço do Brasil e pede tempo. Na volta, o saque brasileiro para na rede.

- 1o set: Brasil 14 x 12 Argentina Apesar do excelente saque argentino, que dificulta o passe do Brasil, a seleção consegue virar com boas jogadas de Giba, que explora o bloqueio dos hermanos.

- O Brasil vai enfrentando dificuldade no passe e a Argentina começa bem o jogo, com 11 a 10 no primeiro set.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.