"Eu não quero que meus jogadores pensem que alguns jogos são menos importantes que outros", disse Alekno

Divulgação/FIVB
Festa de Alexey Spiridonov na vitória da Rússia sobre o Brasil na Liga Mundial
Brasil e Rússia entraram em quadra nesta sexta-feira já classificados para a semifinal e o time europeu venceu por 3 sets a 0 . Para os brasileiros, a partida ajudou a dar ritmo a todos os atletas . Já para o técnico russo, o jogo parece ter tido um significado diferente.

"Eu não quero que meus jogadores pensem que alguns jogos são menos importantes que outros. Para mim, você tem que ganhar sempre, não importa o que esteja em jogo", disse Vladimir Alekno em entrevista coletiva após a partida. "Para nós, a vitória sobre o Brasil é uma honra", completou.

Já o capitão da equipe russa Taras Khtei preferiu minimizar o triunfo e focar nas semifinais. "Não gastamos muita força hoje (sexta-feira). Vencemos o Brasil, mas não importa quem é o primeiro ou o segundo no grupo. Agora estamos pensando na semifinal e o resultado de hoje não é tão importante", disse.

Brasil e Rússia esperam as partidas desta tarde do grupo E para conhecerem seus rivais das semifinais. O time de Bernardinho deve encarar a Argentina, que lidera a outra chave. Já os russos podem ter Itália, Polônia ou Bulgária pela frente. As semifinais serão no sábado e a decisão da Liga Mundial, no domingo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.