Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Stacy é liberada para fisioterapia, mas segue sem previsão de alta

Norte-americana foi a atleta que sofreu as consequências mais graves do acidente do ônibus do Vôlei Futuro no último dia 12 abril

Gazeta |

A norte-americana Stacy Sykora, do Vôlei Futuro, foi liberada para iniciar sessões de fisioterapia. Apesar da evolução, a jogadora ainda não tem previsão de alta.

Stacy foi a atleta que sofreu as consequências mais graves do acidente do ônibus da equipe, que tombou no último dia 12 abril quando estava a caminho da primeira partida da semifinal da Superliga Feminina, contra o Sollys/Osasco.

As informações do prontuário de Stacy foram divulgadas nesta quinta-feira pelo Hospital Sírio-Libanês, de São Paulo. A líbero, eleita a melhor da posição no Mundial do ano passado, sofreu um traumatismo crânio-encefálico e teve o caso considerado grave devido a uma hemorragia no cérebro. Por ter atingido a delicada região cerebral, a volta de Stacy às quadras é uma incógnita.

Abalada psicologicamente, a equipe de Araçatuba, interior de São Paulo, foi eliminada pelo Osasco, atual campeão nacional, e disputará nesta sexta a medalha de bronze contra o Pinheiros/Mackenzie.

Leia tudo sobre: Vôlei FuturoStacy SykoraSuperliga Femininahospital

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG