Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Sollys/Osasco espanta zebra e vence Macaé/Sports na Superliga

As atuais campeãs contaram com 24 pontos de Natália e com a boa atuação da líbero Camila Brait para ficar com a vitória

Aretha Martins, iG São Paulo |

O Sollys/Osasco recebeu o Macaé/Sports na noite de quinta-feira pela penúltima rodada da fase de classificação da Superliga feminina e confirmou o seu favoritismo. As atuais campeãs venceram por 3 sets a 1, com parciais de 28/26, 25/19, 22/25 e 25/18, em 1h46 de jogo, e garantem a segunda classificação geral do torneio.

O Macaé chegou para o duelo motivado pela vitória por 3 sets a 2 na segunda-feira para cima do Vôlei Futuro e fez um primeiro set equilibrado, decidido apenas no 28 a 26 para o time de Osasco. A segunda parcial foi mais tranquila para as donas da casa. Entretanto, a equipe Fluminense voltou a se recuperar e venceu, forçando a terceira parcial. Mas, na hora de decidir, o Sollys/Osasco cresceu e liquidou o quarto set, com a maior vantagem da partida no placar.

As anfitriãs também foram melhores em todos os fundamentos. Elas marcam 55 pontos no ataque, contra 46 do Macaé. No bloqueio, o nome foi Thaísa, que fez sete dos 14 pontos do Osasco. As rivais também foram bem no fundamento, com 13 pontos. No saque, foram quatro aces paulistas contra três das fluminenses. No final, Natália foi a maior pontuadora, com 24 acertos e a líbero Camila Brait foi eleita a melhor em quadra.

Luizomar de Moura, técnico do Sollys/Osasco, alertou para a vacilada no terceiro set depois da partida. “Nós entramos extremamente focados porque sabíamos das dificuldades, já que enfrentamos um adversário perigoso e que vem fazendo uma grande Superliga, jogando de igual para igual contra as equipes de maior investimento. No terceiro set perdemos um pouco a concentração no momento crucial quando estávamos encaminhando para fechar. Os erros cometidos nos custaram trazer Macaé novamente para o jogo e isso não pode acontecer”, afirmou.

Mesmo com a vitória, as atuais não podem mais acabar a primeira fase na liderança. Isso porque o Unilever também venceu - passou pelo Pinheiros por 3 sets a 2 - e não pode mais ser alcançado na ponta da tabela pelo saldo de sets.

A Superliga feminina 2010/2011 segue neste sábado, com a última rodada do returno. E um dos destaques será justamente Sollys/Osasco x Unilever, às 15h (horário de Brasília), com transmissão do canal Sportv. Apesar de o jogo não mudar as posições na tabela, as rivais cariocas esperam emoção na reedição da final. "É uma rivalidade histórica, não dá para pensar que não vale nada", disse Fabi, líbero do Unilever.

Leia tudo sobre: sollys/osascosuperliga femininamacaéunilever

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG