Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Sesi vence e elimina sensação Londrina da Superliga

Com resultado, time paulista assegura a primeira colocação geral, enquanto o elenco paranaense se despede do torneio

Aretha Martins, iG São Paulo |

O Londrina - equipe que surpreendeu na Superliga Masculina 2011 com vitórias sobre Vôlei Futuro, Sesi-SP e Cimed - vacilou nas últimas rodadas e, com a derrota desta terça-feira, para o Sesi-SP, deu adeus à classificação para as quartas de final.

O time paranense ganhou uma responsabilidade a mais. Com a vitória da Medley/Campinas sobre o São Caetano em sets diretos, o Londrina também era obrigada a vencer para ainda sonhar com a chance de se classificar na primeira temporada na competição nacional.

Entretanto, o Sesi, sob o comando de Giovane Gávio, entrou em quadra equilibrado e, com Sandro variando bem as opções de ataque, venceu o primeiro set. O Londrina não conseguiu marcar nenhum ponto de bloqueio. Na segunda parcial, os donos da casa de acertaram na rede, comandaram o placar, mas passaram a errar no final e acabaram perdendo de novo. Do outro lado, a recuperação animou o Sesi, que voltou a sacar e contra-atacar bem e fechou a última parcial sem problemas. No final, 3 a 0 para os paulistas (25/20, 26/24 e 25/17).

Com o resultado, o Londrina ficou sem chances de classificação. Agora, o time do Paraná soma quatro partidas sem vencer e 40 pontos e não consegue mais alcançar a Medley/Campinas, mesmo que vença na última rodada e conte com o tropeço dos rivais.

Após o baque, o oposto Pedrinho enalteceu os feitos do Londrina/Sercomtel e admitiu que "faltou perna" à equipe, criada poucos dias antes do início do torneio. "Faltou pré-temporada para nosso time. Nessa reta final, faltou perna. Superamos várias dificuldades de iníco de formação de time. Não podemos esquecer o que fizemos de bom. Infelizmente a equipe deu uma caída nos momentos decisivos", lamentou.

Sesi garante primeiro lugar

No Sesi, o objetivo foi cumprido. O time segue em primeiro lugar e não pode mais ultrapassado pela Cimed, segunda colocada. "Alcançamos o nosso primeiro objetivo nessa Superliga, que era o primeiro lugar na fase de classificação. Ainda temos uma partida para fazer, contra o Santo André, e vamos fortes para entrar bem nos playoffs", afirmou Giovane Gávio.

Para ele, o bloqueio do time paulista mereceu destaque. "Todos estão de parabéns, tivemos uma atuação segura, nosso bloqueio foi eficiente e isso foi fundamental para a vitória", analisou. Foram 10 pontos no fundamento, contra apenas quatro dos paranaenses.

A vitória também teve um gosto de revanche. No primeiro turno, foi Londrina quem acabou com a invencibilidade do Sesi na Superliga, com uma vitória no ginásio da Vila Leopoldina. "Jogamos melhor hoje, nosso passe funcionou bem, enfrentamos um adversário perigoso e não cometemos os erros do último jogo. Entramos muito concentrados e conseguimos neutralizar bem o ataque de Londrina. Foi uma vitória importante", afirmou Murilo.

Classificados aos playoffs

Com a rodada da noite de terça-feira, foram definido os oito times que têm vaga nas quartas de final da Superliga masculina. São eles: Sesi-SP, Cimed/Florianópolis, Sada/Cruzeiro, BMG/Montes Claros, Vivo/Minas, Pinheiros/Sky, Vôlei Futuro e Medley/Campinas.

A próxima fase será disputada em série de melhor de três partidas. Os jogos começam na próxima segunda-feira. Antes, a Superliga encerra a sua fase classificatória na noite de quinta-feira, com 15ª rodada. 

Leia tudo sobre: SesiLondrina/SercomtelSuperliga masculina

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG