Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Serginho põe culpa da derrota no início ruim do jogo

Seleção brasileira perdeu seu primeiro jogo na Liga Mundial neste domingo, contra a equipe norte-americana

Gazeta Esportiva |

O líbero Serginho não gostou do início de partida do Brasil contra os Estados Unidos, neste domingo pela Liga Mundial. Em Belo Horizonte, a equipe nacional caiu diante dos norte-americanos por 3 sets a 1 (25/21, 25/22, 16/25 e 26/24) e sofreu sua primeira derrota na competição.

"Não podemos começar o jogo tão mal como hoje. Ontem também iniciamos com um desempenho ruim e conseguimos reverter, mas hoje não deu. Temos que ser mais regulares e precisamos manter o padrão durante todo o jogo. Um time como o nosso tem que ditar o ritmo da partida do início ao fim", reclamou.

Já o oposto Wallace lamentou dois erros cometidos na parte final da partida, mas ressaltou a qualidade do adversário.

"Infelizmente errei duas bolas no fim do jogo e isso me deixou triste, mas temos que seguir em frente. Jogamos contra um time muito forte, que jogou melhor do que nós hoje. Foi uma briga de gente grande", avaliou.

Apesar do resultado adverso, o técnico Bernardinho acredita que a derrota em casa será importante para o Brasil, que deve usar o revés como motivação para suas próximas partidas na Liga Mundial. No próximo fim de semana, a equipe joga contra Porto Rico duas vezes em São Paulo.

"É importante viver esta amargura da derrota. Só os questionamentos que nos fazemos após um resultado adverso mostram os caminhos certos. Tínhamos uma expectativa e não conseguimos alcançá-la, então é natural que uma frustração tenha sido gerada. Lutamos, tivemos as chances para levar o jogo para o tie-break e isso não aconteceu", explicou.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG