Equipe não terá seus principais destaques, que estão servindo à seleção brasileiro para o Pan de Guadalajara

Atual vice-campeão, o Sollys/Osasco iniciará, neste domingo, o Mundial de Clubes (que tem sede em Doha, no Catar) contra o Chang, da Tailândia. A partida está marcada para as 4h (de Brasília). O técnico Luizomar de Moura não poderá contar com as estrelas do time, mas isso não o desanima.

As principais atletas da equipe laranja (Fabíola, Thaísa, Tandara e Jaqueline) serão desfalques porque a Seleção Brasileira não as liberou. O motivo são os Jogos Pan-americanos de Guadalajara.

O treinador do Osasco, no entanto, vislumbra o certame como uma boa chance para as jovens mostrarem serviço. "Estamos focados no Mundial e essa é uma oportunidade que se apresenta para as atletas jovens participarem de uma competição tão importante como essa. No nosso grupo temos meninas como Samara, Bia, Larissa, Silvana, Ivna e Helô que terão uma chance única", afirmou.

Luizomar, que citou a mescla com as experientes Karine, Ju Costa, Adenízia e Camila Brait, aposta na superação do grupo. "Tenho certeza que de alguma maneira isso será muito válido para essas meninas e também de que estamos contribuindo para o voleibol brasileiro. Espero que a falta de experiência seja suplantada com motivação e superação", disse.

O Osasco está no Grupo B e, após a estreia, enfrentará o Rabita Baku, do Azerbaijão. As duas melhores equipes da chave avançarão à semifinal.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.